Esquadrão da FAB realiza resgate de enfermo em navio estrangeiro

O Esquadrão Falcão (1º/8º GAV), sediado na Ala 10, em Parnamirim (RN), resgatou, nesta quarta-feira (22), um tripulante indiano que estava a bordo de navio de bandeira das Ilhas Marshall que navega na costa brasileira, próximo ao estado de Alagoas.

O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pela coordenação de missões aéreas, acionou o Esquadrão após o contato do Centro de Coordenação de Salvamento Aéreo (SALVAERO) de Recife. O navio Fairchem Blueshark oriundo das Ilhas Marshall, foi localizado a cerca de 65 km da costa brasileira, na direção da cidade de Maceió (AL).

A aeronave H-36 Caracal decolou de Parnamirim (RN) às 11h55 e voou até a posição do navio para realizar o resgate. O helicóptero manteve o voo pairado enquanto os homens de resgate SAR (do inglês, Search and Rescue – Busca e Salvamento) desceram até o convés, imobilizaram o enfermo e o içaram. Ao final, o Esquadrão transportou o paciente para o Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió (AL),  sendo transferido, em seguida, de ambulância para a Santa Casa de Maceió para receber atendimento médico especializado. Toda a operação durou duas horas e quarenta e cinco minutos.

A tripulação do helicóptero, formada por dez militares, sendo dois pilotos, um mecânico, dois operadores de equipamentos, três homens de resgate, uma médica e uma enfermeira, usou trajes especiais para minimizar o risco de qualquer contaminação.

A Tenente Médica Patrícia Bastos de Aguiar Martins Costa, que está no Esquadrão desde 2018, já participou de cinco resgates, dentre eles, os três últimos realizados pelo Esquadrão Falcão. “É uma honra ter estado nesses três resgates, ainda mais sabendo que os pacientes dos outros dois resgates estão se recuperando bem e já estão em casa com suas famílias”, conta a Tenente Médica.

O Sargento Bombeiro Diego Pereira dos Santos, também participou do resgate. Foi sua primeira experiência real como homem de resgate. “É a nossa missão e tenho orgulho de fazer parte dessa equipe”, revela.

Um dos pilotos da aeronave H-36 Caracal, Tenente Aviador Kaio Felipe Correia de Andrade, realizou sua primeira missão como piloto operacional, marca que ele alcançou em janeiro deste ano. “Nós nos esforçamos muito na formação, preparo, treinamento e aperfeiçoamento. A primeira sensação que vem depois de uma missão dessas é a de dever cumprido”, conta o piloto, que revelou ainda que o maior desafio é manter o controle da aeronave durante o voo pairado.

O Comandante do 1º/8º GAV, Tenente-Coronel Aviador Délcio Cláudio Santarém Júnior, explica que o perfil do Esquadrão era voltado para resgates em solo, antes de ser transferido para Natal. “Na Amazônia havia muitos acidentes com aeronaves, no meio da selva, por isso as ocorrências eram na sua maioria em terra. Agora, somos chamados muito mais para resgates no mar”, descreve. O Esquadrão Falcão já realizou três resgates em convés em menos de dois meses, neste ano.

PREPARO

Um dos fatores fundamentais para o sucesso de qualquer missão é o preparo operacional das tripulações. Para atingir alto nível técnico e doutrinário, agindo com a pronta-resposta requerida na execução das ações, os Esquadrões da Força Aérea realizam treinamentos regulares. Neste contexto, o Comando de Preparo (COMPREP) tem papel relevante. Como Comando Operacional encarregado de fixar os padrões de eficiência, planejar o treinamento e avaliar o desempenho das unidades subordinadas, a partir das capacidades definidas pelo Comandante da Aeronáutica, também coordena a formulação da Doutrina Aeroespacial, em consonância com as experiências adquiridas e os sistemas de armas incorporados à FAB.

Assista ao vídeo da missão

Fotos: Tenente Tunúsia /DTCEA-MO; Capitão Leir, Sargento Rodrigo e Sargento Sampaio / 1º/8º GAV

Vídeo: 1º/8º GAV

Infográfico: SDPP/CECOMSAER

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>