Esquadrão Harpia prepara militares para missões de paz

ripulantes do Esquadrão Harpia (7°/8° GAV), localizado na Ala 8, em Manaus (AM), participaram, no período de 17 a 28 de setembro, da Instrução de Preparação de Unidades Aéreas para Operações de Paz. O curso foi realizado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) – Centro Sergio Vieira de Mello, na sede do Esquadrão.

“Esse treinamento consiste no preparo da Unidade Aérea sobre a doutrina da ONU [Organização das Nações Unidas], conhecido comoPre-Deployment Training, que é o treinamento antes de a Unidade ser desdobrada em Operações de Paz. Isso é uma exigência da ONU, todo mundo que participa de Operações de Paz, principalmente Unidades Aéreas, tem que receber esse tipo de treinamento. Nós, que estamos aplicando, temos experiência em Operações de Paz. Eu, por exemplo, participei de missão no Sudão do Sul, como oficial de operações aéreas”, explicou o Coordenador da Instrução para Unidades Aéreas, Major Aviador Pedro Henrique Nascimento dos Santos.

Durante duas semanas, os militares do 7°/8° GAV assistiram a aulas que abordaram temas relacionados a missões dessa natureza, como as operações de manutenção de paz da ONU, atividades de paz e segurança, direitos humanos, proteção de civis, proteção à criança, gerenciamento de estresse, suporte para unidades aéreas, segurança de voo, conceito de emprego, entre outros.

A formação trabalha a interoperabilidade entre as Forças Armadas. Isso porque o CCOPAB possui uma equipe conjunta, formada por militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira. O grupo multidisciplinar contribui para que o aluno tenha a visão de diferentes áreas de emprego.

O grupo também participou de videoconferências, sendo uma delas realizada pelo Conselheiro Militar da Missão Permanente do Brasil junto à Organização das Nações Unidas em Nova York, General de Exército Gerson Menandro Garcia de Freitas.

O Adjunto da Célula de Avaliação Operacional do Sétimo do Oitavo Grupo de Aviação e participante da instrução, Tenente Aviador Rogério Yan Sarkis Hanada, falou sobre os ganhos dessa formação. “O curso tem preparado todos esses militares e, principalmente, o 7°/8° GAV, no sentido de atender a uma missão de manutenção de paz, sendo o helicóptero um dos vetores de grande importância, devido a sua versatilidade. O curso tem foco no nível estratégico e no tático para militares que têm a possibilidade de virem a ser umpeacekeeper [aquele que participa de missões de paz da ONU] no futuro. Pessoalmente, eu acredito que é muito interessante, pois possibilita aos envolvidos ajudar outras nações nos seus momentos de necessidade, bem como vai proporcionar um ganho de experiência”, disse.

Fotos: Ala 8

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>