Estação de tratamento de esgoto é inaugurada na AMAN

Estação de tratamento de esgoto é inaugurada na AMAN

Resende (RJ) – A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em parceria com a empresa Águas das Agulhas Negras e a Prefeitura de Resende, inaugurou a nova estação de tratamento de esgoto do sistema (ETE AMAN).

ESTACAO 1

Construída no período de janeiro de 2015 a março de 2017, a nova estação tratará os efluentes dos bairros Paraíso, Alto Paraíso, Morro do Cruzeiro, Castelo Branco, Alambari e Cabral, além do material produzido pela cidade acadêmica. Ao todo serão cerca de 17 mil pessoas atendidas e mais de 200 mil litros de esgoto tratado por hora, que será devolvido sem contaminação para o Rio Alambari.

ESTACAO 2

O investimento nessa obra foi de cerca de 6 milhões de reais, porém, o mais significativo é o impacto positivo que a obra trará ao meio ambiente, com a presenvação dos rios na região. Desse modo, a cidade de Resende chega à marca de 70% do efluente urbano tratado antes de ser devolvido à bacia do Paraíba do Sul, uma porcentagem expressiva diante da realidade nacional, que hoje é de 42,67%, segundo dados do Instituto Trata Brasil.

Um pouco de História

A primeira estação de tratamento de esgoto da AMAN foi construída na década de 1940, antes mesmo da construção da Academia. A obra demonstra uma preocupação já existente, por parte do Exército Brasileiro, em preservar os recursos hídricos nacionais, mesmo sem a existência de legislação ambiental que regulasse o tema.

ESTACAO 3

Em outubro de 2015, a empresa Águas das Agulhas Negras recebeu o direito de explorar uma área de 29.600 metros quadrados da AMAN para a ampliação e a readequação da antiga estação de tratamento de esgoto, que se encontrava com operação limitada e necessitava de modernização.

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *