Ex-combatentes de guerra visitam o Fórum de São Luís – Juiz Sebastião Bonfim, diretor do fórum, recebeu os ex-combatentes.

O Fórum Des. Sarney Costa recebeu na manhã da última sexta-feira (21) a visita ilustre de veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB), entre os quais oito ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial, como os maranhenses Anselmo Alves e Simão Pereira, todos com mais de 90 anos de idade. Eles participam em São Luís do encontro nacional que reúne os veteranos e seus familiares.
“É uma honra recebermos cidadãos tão ilustres e que fizeram a história do nosso país”, disse o diretor do fórum, juiz Sebastião Lima Bonfim, ao dar as boas-vindas aos veteranos. Ao final da visita, o diretor recebeu uma camisa do XXVIII Encontro dos Veteranos da FEB, que reúne 150 participantes e foi encerrado no sábado (22), na Federação da Indústria do Maranhão (FIEMA), no bairro Cohama, às 18h.
Os veteranos passaram toda a manhã reunidos no auditório do fórum, onde participaram de palestra e cerimônia de lançamento de livros que retratam a história da presença da FEB na Segunda Guerra Mundial; resgatam a grandeza desses heróis brasileiros e a sua humanidade em tempos de guerra; entre outros temas.
Do lançamento participaram também Israel Blajberg, da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (RJ), e o escritor italiano Mário Pereira, filho de um veterano da FEB com uma italiana.
O comandante do 24º Batalhão de Infantaria Leve (24º BIL), tenente-coronel Carlos Frederico de Azevedo Pires,  falou do orgulho de São Luís estar sediando o encontro que busca promover a aproximação dos ex-combatentes e suas famílias, confraternização e troca de experiências;  prestar homenagens  a esses heróis brasileiros; e buscar estratégias alternativas  de resgatar a importância dos  feitos dos ex-combatentes.
Essa edição do encontro está sendo promovida pelo 24º BIL e Associação dos Veteranos da FEB-Regional São Luís/Maranhão. Conta também com a parceria da Academia Ludovicense de Letras, na publicação do livro “Pelos caminhos da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial: condições e contradições de uma época”, lançado na sexta-feira (21), no Fórum Des. Sarney Costa.
A presidente da academia, Dilercy Aragão Adler,  organizadora da obra que reúne vários autores, disse que o livro é dedicado a todos os militares do 24º Batalhão de Caçadores (atual 24º BIL), embarcados no navio Itapé, em 21 de dezembro de 1944, para integrar a FEB.
(CCOMSEX / FM)
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *