Exército apoia operação de combate ao garimpo ilegal em terra indígena de RR

Exército apoia operação de combate ao garimpo ilegal em terra indígena de RR

Entre 29 de junho e 8 de julho, o Exército Brasileiro, por meio da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, apoiou a Polícia Federal (PF) em ações contra o garimpo ilegal na terra indígena Yanomami, na região do 4º Pelotão Especial de Fronteira/Surucucu.

Ao longo de 10 dias, o 4º PEF/Surucucu alojou e alimentou em suas instalações 12 militares da Força Aérea Brasileira (FAB), 13 agentes da PF, cinco policiais da Força Nacional de Segurança (FNS) e quatro agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA). Além disso, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva coordenou o suprimento de 16 mil litros de querosene de aviação e 3.356 kg de materiais, transportados pela FAB em uma aeronave C-105, com o objetivo de atender as demandas da Polícia Federal durante o período da operação. Ainda no decorrer das ações, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva deu suporte logístico a um helicóptero H-60 (BlackHawk), da FAB, deslocado de Santa Maria (RS) para apoiar as ações da PF.

A 1ª Brigada de Infantaria Selva realiza operações contra o garimpo ilegal na terra indígena Yanomami e continuará apoiando, com suas capacidades logísticas e operacionais, as demais instituições públicas federais, estaduais e municipais, no combate aos crimes transfronteiriços e ambientais no estado de Roraima. Para a realização das atividades, foram adotadas todas as medidas de prevenção contra a covid-19.

(CCOMSEX/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *