Exército ministra Estágio de Sensibilização de Ameaça Terrorista em Santuário de Aparecida

Exército ministra Estágio de Sensibilização de Ameaça Terrorista em Santuário de Aparecida

Aparecida (SP) – Oficiais do Exército Brasileiro ministraram, nos dias 6 e 7 de junho, um Estágio de Sensibilização de Ameaça Terrorista no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. O evento foi organizado em parceria com a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e recebeu mais de 250 pessoas em cada dia. Assistiram ao estágio representantes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Guarda Municipal de Aparecida e de Campos do Jordão, da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, além de agentes penitenciários e funcionários da rede hoteleira local e de empresas de segurança privada.

ESTAGIO 1

O objetivo principal do estágio foi sensibilizar a comunidade e os órgãos de segurança locais acerca da perspectiva da ameaça terrorista no Brasil durante a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O trabalho é um esforço integrado do Ministério da Defesa, da ABIN e do Ministério da Justiça, a fim de garantir que os Jogos transcorram em um clima pacífico e seguro.

O Templo da fé

Dois fatores foram determinantes para que o Estágio fosse ministrado em Aparecida: a cidade vai hospedar, durante os Jogos Rio 2016, a delegação russa de ginástica rítmica, além do que, o Santuário, que é o maior templo do catolicismo no País, abriga a imagem original da santa que é a Padroeira do Brasil. Os instrutores, no entanto, reforçaram que não há indícios de ataque terrorista no País, mas que a população não pode se descuidar. “Será necessária uma vigilância constante. Em se tratando de segurança, não existe o ‘problema do outro’. O problema é de todos”, afirmou um oficial do Exército.

ESTAGIO 2

Ao final do primeiro dia do estágio, o servidor da limpeza Antônio Marcos Coelho da Silva, do Centro de Apoio ao Romeiro, mostrou que entendeu o recado passado pelos instrutores e afirmou que “o preço da liberdade é a eterna vigilância”.

Conteúdo do Estágio

Os oficiais do Exército e o representante da Superintendência da ABIN de São Paulo que ministraram o estágio em Aparecida abordaram com o público um tema sensível e distante de boa parte da sociedade. Os instrutores explicaram como identificar as fases de um planejamento de atentado terrorista e como a população pode colaborar para que a ação seja evitada. Houve, também, instrução sobre terrorismo contemporâneo, artefatos explosivos e bombas químicas e biológicas.

Especialistas em Coordenação Tática

Os militares do Exército que ministraram o Estágio no Santuário de Aparecida pertencem ao Centro de Coordenação Tático Integrado (CCTI), de São Paulo, estrutura temporária que presta assessoramento na questão de enfrentamento ao terrorismo e em ações de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) ao Comando de Defesa de Área (CDA) de São Paulo.

Fotos: Asp Of Vital

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *