Exército recebe viaturas do Programa Estratégico Astros 2020

Com o intuito de contribuir com o Objetivo Estratégico do Exército de dissuasão extrarregional, foi entregue na sexta-feira (28), o segundo lote de viaturas do Programa Astros 2020.

Viaturas do Programa Astros 2020Viaturas do Programa Astros 2020

A cerimônia ocorreu na sede do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes no Forte Santa Bárbara em Formosa (GO). No total, o Exército recebeu oito veículos padrão MK-6, sendo duas para utilização como controladora de fogo (AV-UCF), três como posto meteorológico (AV-MET) e outras três que serão utilizadas como oficina veicular e eletrônica (AV-OFVE).

General destaca a importância do Programa Astros 2020

General destaca a importância do Programa Astros 2020

O Programa Estratégico do Exército Astros 2020 tem como principal objetivo dotar a Força Terrestre de um sistema estratégico de artilharia de mísseis e foguetes que permite atingir alvos de forma mais precisa e a longas distâncias. O gerente do Programa Estratégico do Exército Astros 2020, general José Júlio Dias Barreto, destacou que o evento marca um passo importante para a Defesa do país. “A estratégia nacional de defesa, aprovada em 2008, estabeleceu que as Forças Armadas brasileiras tinham, como um de seus objetivos, contribuir com uma dissuasão extrarregional, e o Programa Astros tem exatamente esse como um de seus pilares”, disse.

Um dos projetos do Programa Astros é a aquisição e modernização de viaturas. Ainda de acordo com o general Barreto, com relação à modernização, foram entregues à Força Terrestre três lotes de viaturas. Com a entrega dos oito veículos no evento ocorrido em Formosa, foi concluído o segundo lote da aquisição, totalizando 20 veículos militares com alto valor tecnológico agregado.

As viaturas fazem parte do segundo lote de aquisições do Programa Astros 2020As viaturas fazem parte do segundo lote de aquisições do Programa Astros 2020

Forte Santa Bárbara

A construção do Forte Santa Bárbara é parte do desenvolvimento do Programa Astros 2020. A obra deve ser concluída em meados de 2020, dotando o Exército com um centro de artilharia de mísseis e foguetes.

O general Barreto lembra que o impacto da iniciativa na região é extremamente benéfico: “Com o envolvimento de várias empresas na área de construção civil neste grande complexo, muitas vagas de emprego são geradas e, consequentemente, todo município ganha com o desenvolvimento e a infraestrutura”, enfatizou.

Por Laylla Santos

Fotos: Keven Cobalchini/MD

(MD ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>