Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

FAB e US Navy comeam treinamentos de combate areo

Exerccio acontece entre a costa do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro

Com incio no sbado (14/11) e at o prximo dia 22, caas da Fora Area Brasileira (FAB) e da Marinha dos Estados Unidos (US Navy) vo treinar juntos em combates areos simulados. O exerccio UNITAS acontece durante a passagem pela costa brasileira do porta-avies norte-americano USS George Washington, que est em deslocamento do Sul para o Sudeste do Brasil, contornado o continente Sul-Americano durante viagem do Japo at a costa leste dos Estados Unidos.

FAB US 1

Na parte area, do lado norte-americano, vo participar caas F-18E/F Super Hornet e F-18C/D Hornet, alm de avies-radar E-2 Hawkeye. Todos vo operar a partir do porta-avies USS George Washington.

J da parte brasileira, caas F-5 e A-1 vo operar a partir das Bases Areas de Canoas e Santa Maria, no Rio Grande do Sul, e de Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Elessero apoiados por avies-radar E-99 e avies-tanque KC-130. Em paralelo, avies de patrulha martima P-95Bandeirulha e P-3 Orion vo realizar misses de combate anti-submarino, busca de alvos navais e coordenao de ataques navais.

FAB US 2

O cenrio dos combates areos consiste em caas brasileiros A-1 realizarem misses de ataque a alvos fictcios, tanto no continente quanto no mar, com a proteo dos F-5M, enquanto os F-18 norte-americanos vo tentar imped-los. Em dias alternados, os papis vo se inverter: os F-18 faro a escolta dos A-1 e os F-5M faro o papel de fora oponente.

“A expectativa a melhor possvel, sobretudo, em funo da aeronave contra a qual iremos realizar o combate dissimilar, o F-18”, explicou o Brigadeiro FernandoAlmeida Riomar, comandante da Terceira Fora Area, unidade responsvel pelo treinamento das unidades de caa e de reconhecimento da FAB. Segundo ele, os pilotos brasileiros atingiram um nvel elevado de conhecimento, por conta priorizao desse tipo de treinamento.Em termos de doutrina e capacitao, no meu entendimento, nossos pilotos esto muito bem preparados, especialmente, no que se refere ao nvel de conscincia situacional nas misses de combate, afirma.

FAB US 3

O planejamento prev simulaes de combate na chamada arena BVR (Beyond Visual Range), quando os caas identificam seus alvos pelo radar e lanam seus msseis antes mesmo de enxergarem os oponentes, e tambm na arena WVR (Whitin Visual Range), quando so empregados msseis de curto alcance e canhes. Os treinamentos vo ocorrer em reas do espao areo onde j acontecem misses de rotina da FAB, sem interferncia para a aviao comercial.

Cooperao internacional

FAB US 4“ uma oportunidade de se aproximar e exercitar de maneira colaborativa nossas habilidades em um ambiente naval de desafios crescentes”, afirmou em comunicado oficial o Contra-Almirante George Ballance, comandante da Quarta Frota da US Navy. Segundo ele, um exerccio como a UNITAS uma oportunidade de aprendizado. “A participao do USS George Washington e de sua ala area neste ano faz desta uma das maiores UNITAS dos ltimos tempos”, disse.

De acordo com o Brigadeiro Riomar, o exerccio UNITAS tem um aumento de complexidade pelo fato de a FAB operar a partir das Bases Areas no continente e aUS Navy do porta-avies, o que requer maior ateno no fator coordenao. “Sempre fizemos esses exerccios com asaeronaves de caa operando a partir de umas Base Area, facilitando sobremaneira, a comunicao e, consequentemente, as coordenaes no decorrer da execuo do exerccio, explica. Na quinta-feira (11/12), dois helicpteros Sea Hawk da US Navy pousaram na Base Area de Canoas com militares norte-americanos que iro atuar na parte de planejamento dos voos.

Em trs anos, esse o terceiro exerccio da FAB ao lado das foras armadas dos EUA. Em 2013, em Natal, aconteceu o exerccio CRUZEX Flight. No ano passado, os dois pases participaram da terceira edio do exerccio Salitre, realizada na cidade chilena de Antofagasta. Nos dois casos, os EUA estiveram representados pela sua fora area, a US
Air Force, com caas F-16.

UNITAS

A UNITAS um exerccio realizado pelas marinhas da regio desde 1960. Esta a edio de nmero 56, e ter a participao das fragatas brasileiras Constituio, Liberal e Greenhalgh, do submarino Tapaj e dos navios-patrulha Gurup, Babitonga e Amazonas, alm de rebocadores e dos helicpteros UH-12/13 Esquilo e AH-11 Lynx.

Entre os estrangeiros, alm do porta-avies USS George Washington e seus navios de apoio, haver a participao de embarcaes do Chile, Mxico, Peru e Reino Unido. Durante o adestramento, parte do contingente ir simular uma fora inimiga, enquanto os demais vo atuar como uma coalizo, como pode ocorrer de acordo com as resolues da Organizao das Naes Unidas.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *