FAB encerra participação em operações de GLO no Espírito Santo

FAB encerra participação em operações de GLO no Espírito Santo

Após 30 dias de atuação dos militares das Forças Armadas no Espírito Santo, terminou, na quarta-feira (08), a Operação Capixaba, realizada desde o último dia 6 de fevereiro em apoio às atividades de segurança pública. Mais de 100 militares da Força Aérea Brasileira (FAB) foram incorporados à tropa. Além disso, a FAB disponibilizou 70 toneladas de estrutura de apoio e empregou oito aeronaves para o transporte de militares e materiais ao Estado. No total 3.450 militares do Exército, Marinha, Aeronáutica e da Força Nacional atuaram em ações de patrulhamento em resposta às demandas de segurança pública.

Apreensão de drogas
Apreensão de drogas

O intuito da missão foi ajudar a estabilizar o Estado do Espírito Santo, que vivia uma onda de violência decorrente da greve da Polícia Militar desde o início do ano.

O Pelotão da Companhia de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) da Força Tarefa Conjunta Capixaba teve a função de realizar patrulhamento ostensivo, pontos de bloqueios e controle de vias principais em pontos instáveis da região metropolitana, visando a restabelecer o equilíbrio da ordem pública na cidade durante esse período.

Patrulhamento
Patrulhamento

Para quem participou da operação, a missão foi uma oportunidade real de aplicar tudo o que se aprende nos treinamentos. “O desempenho do nosso pessoal foi excepcional. Isso é o reflexo do treinamento realizado em nosso batalhão ao longo dos anos, refletindo a moral, disciplina e profissionalismo da nossa equipe”, afirmou o Comandante do 13º Grupo de Segurança e Defesa, Major de Infantaria da FAB Fernando Vítor da Silva Neves.

Sob o comando do General Adilson Katibe, militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica realizaram 490 pontos de bloqueio e 1.585 patrulhas. No decorrer de um mês, as forças militares promoveram 38 operações, que resultaram em 11.645 abordagens de pessoas e culminaram em 108 prisões.

Em coletiva de imprensa, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que a Operação Capixaba foi encerrada com a volta à normalidade da segurança pública no Espírito Santo. “Aos poucos a confiança foi sendo retomada. Os ônibus voltaram a circular, as repartições públicas retomaram suas atividades, o mesmo acontecendo com o comércio”, destacou.

Veja como foi a atuação da FAB na Operação Capixaba:

 

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *