FAB realiza palestras em escolas de diversas regiões do país

Militares da Ala 3, em Canoas (RS), visitaram a Escola Municipal Ervino Arthur Ritter, em Estância Velha (RS), para falar sobre as formas de ingresso na Força Aérea Brasileira (FAB) e as profissões militares. A visita, que faz parte do Projeto Escolas, atingiu mais de 200 alunos de 14 a 17 anos, que, após a palestra, puderam experimentar o macacão de piloto e usar o capacete de voo.

Durante a apresentação, os militares da Comunicação Social da Ala 3 falaram sobre as Escolas, os tipos de concursos e seleções para  ingressar na carreira militar e as várias profissões vinculadas à Aeronáutica. “Apresentar as atividades da FAB no país e da Ala 3 na região Sul, elucidar sobre as várias profissões relacionadas e a possibilidade de estudar nas melhores instituições de ensino, dentro da FAB, além de falar da importância dos estudos e da dedicação em busca dos sonhos é uma experiência muito gratificante”, ressaltou a Tenente Relações Públicas Daniela Etchart.

O evento ocorreu como parte integrante do Programa Profissões, que tem como objetivo orientar os jovens a pensarem nas profissões antes do ingresso no ensino médio. “Foi muito gratificante poder receber uma palestra tão produtiva para os alunos”, informou o Vice-Diretor da escola, Vilmar Kuck Júnior.

Vilhena (RO)

Os militares do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Vilhena (DTCEA-VH) fizeram palestras em cinco escolas da rede pública de ensino. A previsão é que, até o fim do ano, sejam visitadas mais 16 escolas. Essa é uma orientação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), que incentiva os destacamentos a atuarem junto às escolas.

Durante a apresentação, os militares explicam o motivo da visita, exibem o vídeo promocional e tiram dúvidas dos alunos, principalmente sobre as formas de ingresso em escolas da FAB.

Em Vilhena, as palestras foram ministradas pelo Suboficial Alexandre Fernandes Peçanha. “Já fiz a campanha no ano passado. Este é o meu terceiro ano servindo em Vilhena e vi que, aqui na cidade, não há curso preparatório. Por isso é importante trazer informações”, destacou.

O Soldado Ackton Cândido Stevanelli também participou das palestras, falando sobre a sua experiência na FAB. “Todos os adolescentes estavam motivados com a nossa visita”, disse o militar.

Uma das instituições visitadas foi a Associação Agente Mirim da Polícia Militar. “Quando o Suboficial disse na palestra que estava plantando uma semente no nosso coração, eu disse a ele que a semente já estava plantada. Isso porque eu sempre quis ser militar da Aeronáutica. É meu sonho desde criança”, ressaltou Paula Vitória da Silva Oliveira, de 18 anos.

Fotos: Suboficial Dorneles (Ala 3) e Suboficial Peçanha/Soldado Stevanelli/Daisy Meireles (DECEA)

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>