Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Fora de Ajuda Humanitria realiza exerccio indito com Agncias Governamentais

Recife As experincias vividas pelos militares em uma regio so aplicadas em outras em favor do Pas. Talvez o Exrcito Brasileiro seja uma das nicas instituies com capacidade e possibilidade de aplicar esse ativo. Em 2008, o atual Comandante Militar do Nordeste, General de ExrcitoManoel Luiz Narvas Pafiadache, vivenciou uma tragdia, em Blumenau (SC), que atingiu uma populao estimada em 1,5 milho de pessoas em 70 cidades e que deixou 78 mil desabrigados. Naquela poca, o GenPafiadacheera o Comandante da 14 Brigada de Infantaria Motorizada. Ele teve uma difcil e gratificante experincia de Comando e Controle que, junto com outras instituies, resultou em aes em favor da populao. Inclui-se a o salvamento de 120 pessoas no Morro do Ba. Aquele desastre natural agora serve de experincia para a montagem e a aplicao da Fora de Ajuda Humanitria do Comando Militar do Nordeste (CMNE) na Operao Capibaribe, em Recife.

NORDESTE 1

Com essa Operao, o Exrcito Brasileiro desenvolve mais uma etapa do Subprojeto Estruturante do Novo Sistema Operacional Militar Terrestre. Trata-se da implantao da primeira Fora de Ajuda Humanitria do Exrcito. Atualmente, o Exrcito est experimentando uma doutrina de atuao conjunta em um cenrio de tragdia e a Fora de Ajuda Humanitria est sendo testada pela primeira vez.

NORDESTE 2

A Operao Capibaribe, em execuo de 23 a 26 de novembro, simula o emprego da tropa e a atuao de diferentes agncias na hiptese de chuvas prolongadas na regio do Grande Recife e de inundaes causadas pelo transbordamento dos rios Capiberibe e Beberibe. Ela envolve a Marinha do Brasil, o Exrcito Brasileiro, a Fora Area Brasileira, a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, a Polcia Militar, a Polcia Cientfica, o Grupamento Ttico Areo, o Servio de Assistncia Mvel de Urgncia, a Secretaria de Sade do Estado e a Polcia Rodoviria Federal, entre outros agentes.

Muitas so as atividades previstas na Operao: desobstruo de estradas, resgate e salvamento vertical, segurana e isolamento, resgate fluvial e subaqutico, lanamento de passadeira e portada, socorro e evacuao, e transporte aeromdico.

NORDESTE 3

O Exerccio coloca em prtica o trabalho de planejamento, a aquisio de meios e um preparo de dois anos, sob a gerncia do Comando de Operaes Terrestres, e serve tambm para a experimentao doutrinria desenvolvida pelo Estado-Maior do Exrcito.

NORDESTE 4

Segundo o Secretrio de Defesa Civil do Recife, Coronel BombeiroCassio Sinomar Queiroz de Santana, conhecer a estrutura do Exrcito Brasileiro essencial para a atividade. Em caso de desastre natural, quanto mais efetiva a resposta inicial, maior a possibilidade de salvar vidas. O trabalho conjunto ajuda, e muito, em todo o processo, explica o Secretrio. O Superintendente da Polcia Rodoviria Federal em Pernambuco, SrValcir Correia, considera o trabalho conjunto essencial. Pela prpria estrutura e caracterstica do Exrcito, ele a instituio capaz de aglutinar todas as agncias, em caso de uma tragdia de grandes propores. Por isso, importante treinar e operar juntos, declara o Superintendente.

NORDESTE 5

O GenPafiadacheconsidera que numa tragdia de grandes propores, ns precisamos realizar operaes de salvamento, de resgate e de recuperao de corpos; mas o que est em primeiro lugar o salvamento. Se perdermos uma vida por falha no salvamento, nossa misso no ter sido bem cumprida.

NORDESTE 7

A Fora de Ajuda Humanitria composta por um efetivo de 506 homens, que compem o Destacamento de Resposta Imediata. estruturada com um grupo de comando; um grupo de coordenao e ligao; um grupo de avaliao de desastres, um grupo de transportes e um mdulo precursor emergencial, dispondo de meios de Engenharia, Logstica, Comunicaes e Sade. Essa composio bsica para um Comando Militar de rea, mas ela poder ser adaptada s propores do desastre, aumentando ou reduzindo seu efetivo.

Fotos: Agncia Verde-Oliva

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *