Força-Tarefa Marítima da UNIFIL participa de Exercício Multinacional na Indonésia

Atendendo a convite da Marinha da Indonésia, a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) participou do Exercício Multinacional KOMODO 2016, realizado naquele país, entre 12 e 16 de abril, por meio de apresentação proferida pelo Comandante da FTM, Contra-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, sobre o tema Manutenção da Paz em Ambiente Marítimo.

Comandante da FTM-UNIFIL proferindo palestra aos participantes do Exercício KOMODO 2016

Comandante da FTM-UNIFIL proferindo palestra aos participantes do Exercício KOMODO 2016

O Exercício KOMODO é realizado a cada dois anos, em águas indonésias, e conta com a participação de diversos países banhados pelos oceanos Índico e Pacífico. A edição de 2016 teve como sede a cidade de Padang, na Sumatra Ocidental, que recebeu mais de 50 navios das Marinhas da Austrália, Bangladesh, China, Cingapura, Estados Unidos da América, França, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, Rússia, Sri Lanka, Tailândia e Vietnã, além de delegações e representantes de outros 21 países.

Composto de duas fases, uma preparatória, no porto, e outra de operações, no mar, o exercício KOMODO 2016 teve como temas principais as operações marítimas de manutenção de paz e as ações humanitárias e de resposta a desastres naturais. Dentro do primeiro tema, durante a fase de porto, o Comandante da FTM ministrou a sua palestra e participou de uma rodada de discussões sobre situações hipotéticas associadas às operações marítimas de manutenção da paz. O Comandante da Marinha da Indonésia, Almirante de Esquadra Ade Supandi, prestigiou o evento.

Comandante da Marinha da Indonésia prestigia palestra da FTM

Comandante da Marinha da Indonésia prestigia palestra da FTM

A UNIFIL, criada em 1978, é a única Missão de Paz da Organização das Nações Unidas que conta com um componente naval, a FTM, estabelecida a partir de 2006, com as tarefas de impedir a entrada no território do Líbano, por via marítima, de armamento não autorizado e apoiar o adestramento da Marinha libanesa. O Brasil assumiu o comando da Força-Tarefa há cinco anos, em fevereiro de 2011 e, a partir de novembro do mesmo ano, passou a enviar regularmente navios para atuarem como seu capitânia.

 (CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>