Forças Armadas abrem mais postos de vacinação

Forças Armadas abrem mais postos de vacinação

Na sexta-feira (23), militares vão inaugurar o quinto posto de vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro. A estrutura funcionará no Espaço Cultural da Marinha, na região da Praça XV, centro do Rio de Janeiro (RJ), de segunda a sábado, das 8h às 17h.

O funcionamento dos postos, bem como o número de doses a serem aplicadas e a imunização dos grupos previstos no plano de vacinação ocorrem de acordo com o estipulado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira (22), a imunização também teve início no posto drive-thru do Museu Aeroespacial, localizado no Campo dos Afonsos. Nesse local, aos sábados, o atendimento é das 8h às 12h.

O apoio das Forças Armadas também acontece Centro de Treinamento de Deodoro, na Vila Militar, no Museu Conde de Linhares, em São Cristóvão, e na Praça Duque de Caxias, localizada no centro da capital. Para a próxima semana, estão previstas a abertura de mais dois pontos para auxiliar imunização da população carioca, todos sob a coordenação do Comando Conjunto Leste. Os calendários oficiais de vacinação contra a covid-19 no município do Rio, a lista de comorbidades incluídas e os locais de vacinação estão disponíveis no link https://coronavirus.rio/vacina.

As Forças Armadas também auxiliam o sistema de saúde pública na distribuição de vacinas e no emprego de militares técnicos em enfermagem, na aplicação de imunizantes nas seguintes cidades: Belém (PA); Macapá (AP); Tabatinga (AM); Gujará-Mirim (RO); Cuiabá e Cáceres (MT), Campo Grande (MS), Teresina (PI); Mossoró (RN); Lorena (SP); Porto Alegre, Rio Grande, Uruguaiana, Cruz Alta, Santo Ângelo, Ijuí e Caxias do Sul (RS); Curitiba, Lapa, Cascavel e Apucarana (PR) e Florianópolis e Joinville (SC).

Logística
Em São Paulo, desde o dia 12 de abril, militares do Comando Conjunto Sudeste (CCSE) apoiam a Secretaria Municipal da Saúde na campanha de vacinação contra a Covid-19. Os militares atuam em sete drive-thrus de vacinação distribuídos nas regiões Norte, Oeste e Sudeste da capital paulista. Além disso, os militares também transportam as vacinas das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) e das Unidades Básicas de Saúde (UBS) até os pontos de imunização.

20210422_apoioSP.jpg

Oxigênio
Nesta quinta-feira (22), iniciou a operação que vai levar oxigênio para abastecer hospitais nos estados do Pará e do Amapá. Navios da Marinha prestarão apoio no transporte do tanque de 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido. O tanque vazio da empresa White Martins será transportado pelo Navio-Patrulha Oceânico Araguari, do Porto de Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, até o Porto de Pecém, no Ceará. Assim que for abastecido, retornará para o estado do Pará a bordo do Navio de Apoio Oceânico Purus, com previsão de chegada em maio, dando prosseguimento à distribuição para os locais necessitados.

PHOTO-2021-04-22-14-56-22 3.jpg

Operação Covid-19
O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao novo coronavírus. Nesse contexto, foram ativados 10 Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos
Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento.

Com informações dos Comandos Conjuntos
Fotos: divulgação Forças Armadas

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *