Forças Armadas: contra a Covid e pelos brasileiros há 450 dias

Forças Armadas: contra a Covid e pelos brasileiros há 450 dias

Há 450 dias, a população brasileira conta com auxilio integral das Forças Armadas, que, sem trégua, têm empregado efetivo, meios e recursos para contribuir com o Governo Federal e com o sistema de saúde pública estadual e municipal. O apoio logístico dado pelos Comandos Conjuntos (CCj) possibilitou, até a presente data, mais de 200 mil imunizações de indígenas em áreas de difícil acesso.

Nesses 15 meses de atividades diárias, já contou com o emprego de 34 mil militares das três Forças e, atualmente, envolve efetivo aproximado de 16 mil. Coordenados pelos Comandos Conjuntos (CCj), esses homens e mulheres estiveram envolvidos no apoio à vacinação em áreas urbanas e indígenas, na desinfecção de locais públicos, no transporte de pacientes e na distribuição de kits de alimentos, materiais de higiene e medicamentos, entre dezenas de outras iniciativas. Recentemente, militares do Exército arrecadaram e distribuíram 1,2 mil cestas básicas a instituições filantrópicas do Distrito Federal.

article.jpg

Com mais de 5.823 horas de voo, as aeronaves empregadas na Operação transportaram 29.415 toneladas de material, 7.505 cilindros de oxigênio, 205 respiradores e estruturas para montagem de quatro hospitais de campanha. A partir de janeiro deste ano, foram 399 voos, dos quais 119 estiveram empregados na remoção de 911 pacientes. Como ocorrido recentemente em Campo Grande, quando cinco pacientes em estado grave foram transferidos para a cidade de Guarulhos, em São Paulo, e a capital de Rondônia.

607bb2bb-ab69-4b9b-aa19-8dd2187c0339.jpeg

Em apoio direto à população, o esforço conjunto das Forças Armadas promoveu cerca de 19 mil campanhas de prevenção, a distribuição de cerca de 1,5 milhão de kits de alimentos e mais de 45 mil doações de sangue para contribuir com os hemocentros de todo o País. Nove postos de vacinação foram abertos em unidades militares, sendo sete no Rio de Janeiro, um em Belo Horizonte e um no Distrito Federal. Houve ainda a desinfecção de mais de 9,9 mil áreas públicas pelo Brasil e a capacitação de 18,9 mil pessoas para que pudessem dar continuidade ao trabalho de descontaminação.

DP4eV_t1.jpg

Operação Covid-19
Deflagrada pelo Ministério da Defesa em março do ano passado, a Operação Covid-19 tem sua coordenação e planejamento a cargo do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, por meio do Centro de Operações Conjuntas (COC), localizado na sede da Pasta, em Brasília. As ações desenvolvidas em todo o território nacional são apoiadas por 10 CCj e pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), permanentemente ativado. A iniciativa integra o esforço do Governo Federal no enfrentamento à pandemia.

Por Soraya Brandão
Foto: Divulgação Ministério da Defesa 

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *