Forças Armadas e órgãos de segurança pública planejam transição das tropas da Operação Potiguar

Forças Armadas e órgãos de segurança pública planejam transição das tropas da Operação Potiguar

Natal (RN) – O Comando da Operação Potiguar realizou, no dia 23 de agosto, na sede da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, uma reunião de coordenação para ajustar os últimos detalhes da transição das tropas federais para os efetivos dos órgãos de segurança pública. Com a saída das Forças Armadas das ruas da Região Metropolitana de Natal, conforme determina o Decreto Presidencial que prorrogou a Operação Potiguar até o dia 23 de agosto, uma série de reuniões de planejamento sobre essa substituição gradual foi realizada.

Operacao Potiguar 2

O Comandante da Operação Potiguar, General de Brigada Jayme Octávio de Alexandre Queiroz, conduziu a reunião e, logo nas suas palavras iniciais, ressaltou os objetivos conquistados pela missão. “Nossa operação foi muito bem cumprida, realizada com muito profissionalismo e cooperação”, disse. Para ele, todos ganharam: “Em primeiro lugar, a população, que viu a ordem pública ser restabelecida e mantida. Depois, todos nós, Forças Armadas e os demais órgãos, pela experiência e pelo serviço que prestamos à sociedade”.

Integrantes do Exército, da Marinha e da Força Aérea diretamente envolvidos na operação puderam fazer um balanço sobre as atividades desenvolvidas nas áreas de atuação das tropas federais. Eles fizeram, ainda, considerações sobre os desafios da segurança pública nos corredores turístico, bancário, comercial, de fluxo de transporte público e nas grandes vias de acesso à capital. Essa troca de informações visou dar subsídios aos órgãos de segurança pública que, neste momento, retornam aos seus pontos de atuação.

Operacao Potiguar 1

O Comandante do Policiamento Metropolitano, o Coronel Jair Júnior agradeceu pela parceria e intercâmbio de experiências que a Operação Potiguar proporcionou à corporação. “Estaremos sempre à disposição para atuar em conjunto. Foi uma honra atuar em cooperação com as Forças Armadas”, disse. Ele ainda demonstrou, em um mapa projetado da Região Metropolitana de Natal, o planejamento detalhado da substituição das tropas federais pelo policiamento ostensivo.

(CCOMSEX/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *