Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Foras Armadas vo proteger estruturas estratgicas durante os Jogos Olmpicos Rio 2016

As estruturas estratgicas como, por exemplo, linhas de transmisso, subestaes de energia e de abastecimento de gua recebero a proteo das Foras Armadas durante os Jogos Olmpicos e Paralmpicos Rio 2016. Alm disso, as tropas militares atuaro na fiscalizao e controle de explosivos, defesa ciberntica, segurana de autoridades de autoridades e da chamada famlia olmpica.

Defesa dar apoio na preveno a incidentes e catstrofes
Defesa dar apoio na preveno a incidentes e catstrofes

As orientaes gerais para a atuao do Ministrio da Defesa (MD) e das Foras Armadas em apoio a essas atividades esto na Portaria n 232, assinada pelo ministro da Defesa, Jaques Wagner, e publicada, nesta segunda-feira, no Dirio Oficial da Unio. De acordo com a portaria, o Estado-Maior Conjunto das Foras Armadas (EMCFA), a Secretaria Geral do MD e os Comandos da Marinha, do Exrcito e da Aeronutica atuaro, de forma integrada, seguindo o modelo dos grandes eventos j realizados no pas.

O planejamento no mbito do MD vem sendo feito pela Assessoria Especial de Grandes Eventos (Aege), setor de assessoramento do ministro da Defesa Jaques Wagner. Na prxima sexta-feira (06), os integrantes da Aege participam de reunio em Braslia (DF) para tratar o assunto.

A portaria prev ainda que as Foras ficaro responsveis pela preparao de atletas militares de alto rendimento, na cooperao para o aproveitamento de reas militares. O documento estabelece o apoio organizao dos Jogos 2016 e o uso de aerdromo militares para embarque e desembarque de passageiros e cargas, trnsito e estacionamento de aeronaves civis.

A misso da Marinha, do Exrcito e da Aeronutica nos Jogos Olmpicos seguir o mesmo padro j adotado nas Copas da Confederao, em 2013, do Mundo Fifa 2014; e na Jornada Mundial da Juventude. Nesses grandes eventos, as aes dividas em eixos estratgicos, tais como Defesa Aeroespacial e Controle do Espao Areo; Fiscalizao de Explosivos; Segurana e Defesa Ciberntica, Preveno e Combate ao Terrorismo (incluindo atividades de Defesa Qumica, Biolgica, Radiolgica e Nuclear DQBRN), alm da fora de contingncia.

O texto informa, tambm, que o plano de segurana ser executado em cooperao com o Ministrio da Justia, Gabinete de Segurana Institucional da Presidncia da Repblica, bem como os governos do Rio (Estado e Prefeitura), sede do Jogos Olmpicos 2016, e o Comit Organizador Rio 2016.

Segundo estabelecido, os militares tambm daro apoio preveno a incidentes e catstrofes, e vo realizar atividades de vigilncia e controle de acessos e de inteligncia, de segurana a instalaes aeroporturias e de represso e combate ao terrorismo e ao trfico de drogas. Sero utilizados meio areos, martimos, terrestres e aeroespaciais.

Foto: Felipe Barra

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *