Fuzileiros Navais comemoram 209 anos com cerimônia no Rio de Janeiro

Fuzileiros Navais comemoram 209 anos com cerimônia no Rio de Janeiro

O Corpo de Fuzileiros Navais comemorou 209 anos de criação com cerimônia na Fortaleza de São José, no Rio de Janeiro. Durante a homenagem, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, destacou a importância dos fuzileiros no âmbito das Forças Armadas.  Jungmann lembrou a contribuição nas operações de paz das Nações Unidas.

209 ANOS

“No Haiti, um grupamento Operativo de Fuzileiros Navais, tipo unidade anfíbia, com 180 fuzileiros navais, cujo rodízio é realizado a cada seis meses, integra o contingente brasileiro na Minustah. Além dessa participação há oficiais compondo o Estado-Maior da missão”, contou.

Já no Líbano, “onde o Brasil exerce o comando da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL, fuzileiros navais dedicam-se ao cumprimento de missões no Estado-Maior dessa Força-Tarefa e a bordo de seu navio-capitânia – atualmente a Fragata liberal, que será substituída pela fragata União,  no próximo dia 15”, disse.

Aniversário dos Fuzileiros

O ministro chegou ao Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro no meio da manhã da terça-feira (08), e seguiu para o forte onde se dariam as comemorações de aniversário dos Fuzileiros Navais. Recebido pelo comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, o ministro acompanhou a cerimônia no pátio principal.

209 ANOS 2

Em discurso, Jungmann destacou que há exatos 209 anos “a Brigada Real da Marinha de Portugal, origem do Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil, desembarcava no Rio de Janeiro acompanhando a família real portuguesa”. O ministro lembrou que em 1808 ocorreu “o batismo de fogo dos fuzileiros, na expedição à Guiana Francesa, que resultou  na tomada de Caiena dos invasores franceses”.

Nos tempos atuais, os fuzileiros navais estiveram atuando em ações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e nas vistorias dos presídios. A força naval também esteve presente nos grandes eventos ocorridos no Brasil, como a Rio + 20, Copa das Confederações e Copa do mundo Fifa 2014, e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos ocorridos no ano passado.

209 ANOS 3

O Corpo de Fuzileiros Navais é uma força de pronto emprego. Atualmente tem 17.540 militares, sendo 16,5 mil praças e 950 oficiais concursados e preparados para o combate em terra, mar e ar. Os fuzileiros passam por rigoroso treinamento físico para manter a capacidade de atuar como força expedicionária, fazendo uso da versatilidade e de agilidade.

Fotos: Felipe Barra/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *