Fuzileiros Navais de Belém vão atuar, pela segunda vez, no Complexo de favelas da Maré no Rio de Janeiro (RJ)

Fuzileiros Navais de Belém vão atuar, pela segunda vez, no Complexo de favelas da Maré no Rio de Janeiro (RJ)

O Grupamento de Fuzileiros Navais de Belém (GptFNBe), subordinado ao Comando do 4° Distrito Naval, enviou, no dia 21 de abril, uma Companhia de Fuzileiros Navais ao Rio de Janeiro (RJ) para integrar o Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais da Força de Fuzileiros da Esquadra, participantes da “Operação São Francisco”, no Complexo de favelas da Maré.

Companhia é composta por 112 militares
Companhia é composta por 112 militares

A Companhia, composta por 112 militares, passou por treinamento especial para se adaptar às atividades nas comunidades ocupadas pela Força de Pacificação e vai atuar com Poder de Polícia em área restrita, por tempo limitado. O objetivo da missão é preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições em uma área onde vivem mais de 130 mil brasileiros.

Essa é a segunda vez que tropas do GptFNBe são enviadas para missão de apoio à segurança pública, em conformidade com os preceitos constitucionais atinentes ao emprego das Forças Armadas em tarefas de Garantia da Lei e da Ordem. No ano passado, a Companhia designada era composta por 105 militares e permaneceu de 24 de outubro de 2014 a 7 de janeiro de 2015 no Complexo da Maré.

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *