Governo federal investiu R$ 2,6 bilhões no setor de defesa para grandes eventos

Brasília, 07/04/2015 – O governo brasileiro investiu, nos últimos seis anos, cerca de R$ 2,6 bilhões no preparo das Forças Armadas para atuação em grandes eventos. A informação foi dada na terça-feira (07) pelo general Jamil Megid Junior, ao se despedir da função de chefe da Assessoria de Grandes Eventos do Ministério da Defesa.

governo 1

Segundo Megid, trata-se de um importante legado que seguirá integrado às organizações militares envolvidas nos Jogos Mundiais Militares, Rio+20, Copa das Confederações 2013, Jornada Mundial da Juventude e Copa do Mundo 2014. Além daquelas que se preparam para participar da organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

“Esses eventos agregaram conhecimentos, experiências e lições aprendidas que se constituem no legado intangível e agente impulsionador de transformações nas áreas esportivas, econômica, social e cultural, mas também no planejamento militar e na forma operativa das nossas unidades”, afirmou o general Megid em discurso.

Jamil Megid foi substituído pelo general Luiz Felipe Linhares Gomes, que terá a missão de dar seguimento ao planejamento para os dois eventos esportivos que acontecerão no Rio no próximo ano.

Transmissões de cargo

governo 2A cerimônia no Ministério da Defesa marcou também a transmissão de cargo de subchefe de Operações de Paz, com a saída do general Álvaro Gonçalves Wanderley, que seguirá para o posto de subchefe de Inteligência e de Defesa, em substituição ao almirante Luiz Corrêa. O brigadeiro Tarcísio de Aquino Brito Veloso assumiu o lugar do general Álvaro na subchefia de Operações de Paz.

Também nesta terça-feira, o subchefe de Comando e Controle, brigadeiro Luiz Fernando de Aguiar, transmitiu o posto para o almirante Jonatas Magalhães Porto. Em seu discurso, o brigadeiro Aguiar destacou que “atuando em exercícios, em operações, ou em ações subsidiárias, tratando do acompanhamento rotineiro de nossos enlaces ou planejando um futuro promissor para o Sistema Militar de Comando e Controle, a subchefia cumpriu a contento sua missão”.

Na cerimônia, o chefe de Operações Conjuntas (CHOC), almirante Ademir Sobrinho, fez a leitura de menções de agradecimento ao general Megid, ao almirante Luiz Corrêa e também ao brigadeiro Aguiar.

Na mensagem, ele destacou que a Copa do Mundo Fifa 2014 “pôde sintetizar o desprendimento do general Megid na constante busca de resultados positivos e alto grau de profissionalismo”. “Os trabalhos desenvolvidos pelo almirante Luiz Corrêa foram marcados com indeléveis traços de exatidão e valor”, enfatizou o almirante Ademir Sobrinho. “Podemos vislumbrar o trabalho de excelente qualidade realizado pelo brigadeiro Aguiar, fazendo referência a eventos ocorridos no ano de 2014 e o sucesso alcançado nos mesmos”, afirmou o chefe de Operações Conjuntas.

A cerimônia foi presidida pelo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Foto: Jorge Cardoso

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>