Homenagem aos heróis anônimos da Pátria, militares que não mediram esforços para defender seu País

Brasília (DF) – Uma data para relembrar os soldados que perderam suas vidas em guerras, mas não tiveram seus corpos identificados e enterrados junto aos entes queridos. Esse é o objetivo do dia 28 de novembro, o Dia do Soldado Desconhecido. Uma homenagem aos heróis anônimos da Pátria, militares que não mediram esforços para defender seu País.

Para celebrar a memória desses combatentes, muitos países construíram monumentos, conhecidos como “Túmulo do Soldado Desconhecido”, um símbolo para reverenciar esses guerreiros. A tradição teve início na Primeira Guerra Mundial, quando o Reino Unido fez uma homenagem a um soldado desconhecido, fazendo referência a todos que haviam lutado pelo Império Britânico e que perderam suas vidas na defesa do território.

No Brasil, o Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, simboliza a sepultura dos militares da Força Expedicionária Brasileira desaparecidos em combate, honrando nossos pracinhas e resgatando a história. Nesse monumento, os visitantes encontram o seguinte texto:

“Honra a Pátria no passado: sobre os túmulos dos heróis; glorifica-a no presente: com a virtude e o trabalho; impulsiona-a para o futuro: com dedicação, que é a força da fé. Ama a terra em que nasceste e à qual reverterás na morte. O que fizeres por ela, por ti mesmo farás, que és terra, e a tua memória viverá na gratidão dos que te sucederam”.

O Brasil possui tal homenagem também em terras estrangeiras. Na Itália, na região de Pistoia, o Monumento Votivo Militar Brasileiro representa toda a gratidão do povo italiano aos soldados brasileiros que combateram na Segunda Guerra Mundial. No início, o espaço era um cemitério militar brasileiro, posteriormente, com o translado dos corpos para o Brasil, o lugar foi transformado em uma praça de culto à memória da Força Expedicionária Brasileira.

Fonte: Agência Verde-Oliva/Exército Brasileiro

(CCOMSEX/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>