Integração das Forças Armadas é ponto alto da Operação COVID-19, afirma ministro da Defesa

Integração das Forças Armadas é ponto alto da Operação COVID-19, afirma ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, enalteceu, nesta terça-feira (2/6), a integração das Forças Armadas durante a Operação Covid-19, de combate ao novo coronavírus. A declaração ocorreu durante visita ao Comando Conjunto Sudeste (CCSE), na capital de São Paulo.

esta imagem não possui descrição

Na sede do Quartel-General do Comando Militar do Sudeste (CMSE), Azevedo ressaltou a ação coordenada das Forças Armadas durante a Operação Covid-19. “A Integração dos comandos conjuntos é o ponto alto dessa operação”, afirmou. “É muito importante o domínio que cada Comando tem da sua área”, completou.

Durante a visita ao Comando Conjunto Sudeste, o Ministro acompanhou as atividades das Forças Armadas naquele Estado durante a pandemia. O Comandante Militar e do Sudeste e do Comando Conjunto, General de Exército Eduardo Antonio Fernandes, iniciou a apresentação explanando sobre a estrutura e a composição das Forças no âmbito daquele comando conjunto. O planejamento das ações realizadas foi destacado pelo Comandante da 2ª Divisão de Exército e Subcomandante do CCSE, General de Divisão José Eduardo Pereira, e, por fim, o Chefe do Estado-Maior do Comando-Geral de Apoio (COMGAP) e Chefe do Estado-Maior do CCSE, Major-Brigadeiro-do-Ar Ricardo Augusto Fonseca Neubert, apresentou o trabalho das células e as ferramentas de apoio ao planejamento da Operação COVID-19 no Estado.

esta imagem não possui descrição

Em seguida, Azevedo reuniu-se por videoconferência com os chefes de cada um dos 10 Comandos Conjuntos espalhados pelo Brasil. Os Comandos Conjuntos foram ativados por meio da Diretriz Ministerial de Planejamento nº 6/GM/MD, de 18 de março de 2020. A Diretriz regula o emprego das Forças Armadas em todo o território nacional para o apoio às medidas deliberadas pelo Governo Federal voltadas para a mitigação das consequências da pandemia da Covid-19. “A integração dos comandos conjuntos é o ponto alto dessa operação. É muito importante o domínio que cada comando tem da sua área”, disse o Ministro.

Comando Conjunto do Sudeste

Desde o início da Operação, em 20 de março, o Comando Conjunto Sudeste realizou diversas atividades de apoio à sociedade no combate à pandemia da COVID-19 em mais de 90 municípios paulistas. Além de capacitar 800 militares, as Forças Armadas desinfectaram, no estado de São Paulo, mais de 120 espaços públicos de grande circulação, como rodoviárias e estações de metrô.

O apoio aos governos estadual e municipais também ocorreu com montagem e distribuição de 184 mil kits de alimentação, higiene e limpeza. Além disso, desde o início da pandemia, 1.920 militares doaram sangue a hemocentros e hospitais paulistas. Para a proteção desses militares, que trabalham diariamente em assistência à população, foram produzidas cerca de 36,5 mil máscaras. Para o apoio aos órgãos de saúde e de segurança pública locais, durante a Operação Covid-19, o Comando Conjunto Sudeste empregou, até o momento 3.606 militares, 561 viaturas, sendo 12 delas blindadas, 15 embarcações e um navio.

Operação COVID-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à COVID-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia que recebeu o nome de Operação COVID-19.

esta imagem não possui descrição

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas poderão ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determinará a melhor forma de atendimento.

Por Pedro Sardinha e Maristella Marszalek
Fotos: Igor Soares

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *