Integrantes do programa Mais Médicos embarcam para capitais brasileiras com apoio do Ministério da Defesa

Integrantes do programa Mais Médicos embarcam para capitais brasileiras com apoio do Ministério da Defesa

Brasília, 11/8/2016 – Sob a coordenação da Chefia de Logística (CHELOG) do Ministério da Defesa, 305 profissionais de saúde que completaram a fase de acolhimento do Programa Mais Médicos, do Governo Federal estão sendo enviados aos municípios do Brasil. Nesta quinta-feira (11), 221 profissionais embarcaram em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para as capitais do país.

Integrantes do programa 1

O clínico geral, Paulo Cesar Falcão Pimenta integra o Programa Mais Médicos e irá atuar no município de Senhor do Bonfim, na Bahia. Ele decidiu participar do programa ao observar a carência de profissionais na rede pública de saúde do país. “Quero poder contribuir e desempenhar, ao máximo, o meu trabalho como médico e ser humano. Será uma experiência inesquecível”, ressaltou.

A operação conduzirá 273 médicos de Brasília para os estados, por via aérea. Ao chegar, eles serão levados aos municípios brasileiros com apoio do Exército e da Marinha.

Também ficou a cargo da Força Terrestre, o envio de oito médicos para as cidades de Catalão, Planaltina, Posse e Formosa, em Goiás; e Uberlândia, Gurinhatã e Tupaciguara, em Minas Gerais. Três profissionais ficaram em Brasília (DF) e 21 se dirigiram, por conta própria, às cidades em que deverão atuar. Amanhã (12), mais 52 médicos deverão seguir nos aviões da FAB.

Defesa e Saúde de qualidade

A atuação da CHELOG consiste em coordenar ações de recepção, hospedagem, transporte urbano e distribuição de médicos intercambistas nos municípios de locação. O apoio está autorizado pela Diretriz Ministerial nº 5, de 19 de janeiro deste ano.

Integrantes do programa 2Desde fevereiro de 2015, o coronel Paulo Cesar Luciano, do Ministério da Defesa, coordena a logística de envio dos médicos que integram Programa para os municípios do Brasil. Ele esteve presente durante o embarque dos profissionais de saúde. “Eu tenho visto o trabalho desenvolvido por esses médicos que são muito bem recebidos pelas comunidades. O Programa está dando resultado, para os que necessitam desse apoio, nos lugares mais distantes do país”, afirmou.

O Mais Médicos cria condições para garantir um atendimento de saúde de qualidade em diversas localidades do país. Atualmente, conta com cerca de 20 mil profissionais entre brasileiros e estrangeiros.  Ainda neste mês, está previsto o deslocamento de mais 300 médicos cubanos para os municípios do Brasil.

Gurgel Cardoso dos Santos é analista administrativo de logística do Programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde. Para ele, o apoio do Ministério da Defesa facilitou muito o envio dos profissionais de saúde aos municípios do Brasil.  Na ocasião, Gurgel também destacou a importância do Programa, considerado, por ele, o maior do Brasil. “A população aceitou muito bem o Mais Médicos. A comunidade passou a ter acesso à saúde básica sem precisar se deslocar para as grandes cidades”, explicou.

Foto: PH Freitas/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *