ITA entrega diploma ao Ministro Ozires Silva

ITA entrega diploma ao Ministro Ozires Silva

O Ex-Ministro e Oficial Aviador da Força Aérea Brasileira (FAB) Ozires Silva, recebeu no mês de abril, o Diploma de Doutor Honoris Causa, após ter sua indicação aprovada por unanimidade em 11 de março, pela Congregação do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). O Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, e o Reitor do ITA, Professor Doutor Anderson Ribeiro Correia, fizeram a entrega ao Criador e primeiro presidente da Embraer na sua residência.

“Esse título é uma certificação da história que o Tenente-Coronel Ozires escreveu no Brasil. Seguindo o que foi feito com a Indústria aeronáutica, em São José dos Campos, a Força Aérea Brasileira pretende fazer o mesmo com a atividade espacial em Alcântara no Maranhão”, declarou o Tenente-Brigadeiro Potiguara.

Ozires Silva destacou a importância do Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo Victor da Silva no processo de construção da Embraer. “Ele foi a peça fundamental na construção da Embraer. Um incansável lutador, nos ajudou muito, trabalhando no hangar X10, na construção do Bandeirante. Tudo o que se fala da Indústria Aeronáutica, da formação da Engenharia, nós devemos ao Brigadeiro Paulo Victor”, lembrou.

O início da Indústria Aeronáutica no Brasil

A produção do Bandeirante fomentou o surgimento da atual terceira maior fábrica de aviões do mundo, a Embraer. Um ano após o primeiro voo do Bandeirante, que aconteceu em 22 de outubro de 1968, a empresa foi criada tendo como primeiro presidente, o Tenente-Coronel Ozires Silva.

Estava realizada a previsão do Marechal do Ar Casimiro Montenegro Filho, mentor do Centro Técnico da Aeronáutica (CTA), que como paraninfo, em seu discurso histórico, à primeira turma de formandos do ITA, afirmou: “Não tenho condições de fazer agora a indústria aeronáutica. Vocês um dia a farão”.

O Reitor do ITA, Professor Anderson falou sobre o Ministro como Governo, Empresa e Educação. “Ozires é a representação do modelo da Tríplice Hélice no qual o DCTA foi baseado: Governo, pois é um Tenente-Coronel da FAB; Empresa, uma vez que é um empresário, criou a Embraer e atuou na sua privatização, quando a empresa ganhou o mundo; e Educação, por ser um aluno do ITA, reitor e presidente de Conselhos de várias instituições educacionais e, também, autor de livros. Mesmo se pensarmos na Hélice Quíntupla, que envolve Ambiente e Sociedade, Ozires a representa muito bem. Além disso, ainda é a personalidade brasileira da aviação com mais títulos internacionais”, frisou.

Por todas essas realizações nas mais diversas áreas, por sua representatividade como iteano (engenheiro oriundo do ITA), por seu reconhecimento como o grande empreendedor da indústria aeronáutica brasileira, o emérito engenheiro foi agraciado pelo ITA com o título do Doutor Honoris Causa, figurando ao lado dos outros dois únicos detentores desta honraria: Alberto Santos Dumont e Marechal do Ar Casimiro Montenegro Filho. Desta forma, compõe-se um trio que foi capaz de imaginar, planejar e executar o sonho de Ícaro do homem voar. Desde a invenção do avião, passando pela construção de um complexo tecnológico que forma especialistas, desenvolve pesquisa, tecnologia e inovação e entrega produtos, até a indústria aeronáutica nacional que produz as aeronaves brasileiras para o mundo todo.

“É uma emoção muito grande saber que a Congregação do ITA decidiu me colocar ao lado de duas personalidades, que são marcas da história do Brasil. Sinceramente, estou emocionado, vou guardar isso no coração e espero, realmente, que nós tenhamos assentado algumas pedras ao longo do caminho na formação de engenheiros. Desejo para o futuro que cada engenheiro possa produzir o máximo possível. A escola é um instrumento de transformação da sociedade e o ITA tem feito isso com enorme competência”, concluiu o homenageado Ozires Silva.

Fotos:Sargento Roberto/ ITA

(CECOMSAER/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *