Jungmann verifica o funcionamento do SISFRON, em Dourados (MS)

Jungmann verifica o funcionamento do SISFRON, em Dourados (MS)

 O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, esteve na quinta-feira (19) em Dourados, no Mato Grosso do Sul, para acompanhar a operação do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON). O ministro lembrou que no ano passado foram destinados para o Sistema R$ 228 milhões, e que, para 2017, o orçamento previsto é de R$ 470 milhões. “O SISFRON é uma realidade em 600 km de fronteira, e será uma realidade nos 17 mil quilômetros, a terceira maior fronteira do mundo com 10 países vizinhos”, declarou o ministro.

O ministro assistiu uma demonstração sobre o SISFRON. Militares transmitiram em tempo real ações de vigilância que ocorriam na fronteira
O ministro assistiu uma demonstração sobre o SISFRON. Militares transmitiram em tempo real ações de vigilância que ocorriam na fronteira

O projeto-piloto do SISFRON é operado na 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados e abrange cerca de 650 quilômetros de fronteiras no estado, que são monitorados por radares fixos e móveis, sensores óticos, óculos de visão noturna, câmeras de longo alcance, entre outros materiais empregados. “A fronteira está distante fisicamente, mas a fronteira está perto das nossas cidades e metrópoles porque é nelas, na defesa e segurança delas, que nós vamos conseguir reduzir esta onda de criminalidade no seu início, combater as drogas, o contrabando e o descaminho. É na defesa das fronteiras que vamos assegurar a soberania do presente e do futuro e a integridade territorial”.

Jungmann disse que o SISFRON é o maior sistema desenvolvido no mundo. “Quando estiver concluído, juntamente e de forma integrada com o Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (SISGAAZ), da Marinha, e com o Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE), da Aeronáutica, estaremos cobrindo todo o nosso espaço, mar e terra”, afirmou o ministro.

O ministro assistiu ainda uma demonstração sobre o sistema feita pelo comandante da 4ª Brigada, general Lourenço William da Silva Ribeiro Filho. Durante vários momentos, militares, acerca de 160 km de distância e que faziam a vigilância e segurança das fronteiras, entraram em vídeo conferência apresentando ações em pontos de bloqueio e controle.

Em seguida, o ministro e sua comitiva conheceram alguns equipamentos da base industrial de defesa utilizados no SISFRON.

Foto: Tereza Sobreira/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *