Logística das Forças Armadas leva alimentos para área de fronteira no Amazonas

Solidariedade faz parte da tradição das Forças Armadas e, neste momento de pandemia mundial, não poderia ser diferente. Na manhã desta terça-feira (5), a aldeia Yanomami de Maturacá, localizada no extremo norte do Estado do Amazonas, recebeu uma tonelada de alimentos. As doações partiram do município de São Gabriel da Cachoeira, no mesmo Estado. O transporte, a bordo de aeronave C-105 Amazonas da Força Aérea Brasileira (FAB), apoiou iniciativa da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro e o Instituto Socioambiental.

Ainda na Região Norte, o 7º Batalhão de Engenharia e Construção, sediado na capital acreana, transportou e distribuiu mais de 29 mil cestas básicas pelo Estado. Já no litoral de São Paulo, sob coordenação do Comando Conjunto Sudeste, refeições produzidas pela FAB foram distribuídas para caminhoneiros que trafegavam pela rodovia SP-055, próximo ao Porto de Santos. A iniciativa, deflagrada na segunda-feira (04), deve continuar pelos próximos dois meses.

No âmbito do Comando Conjunto Planalto, foram entregues 185 kits de alimentos no Centro de Ensino Fundamental Sargento Lima e na Igreja Comunidade Internacional de Adoradores, em Santa Maria, no Distrito Federal. As famílias de cerca de 300 crianças e adolescentes, participantes do Programa Forças no Esporte (PROFESP), vêm sendo beneficiadas com a ação.

esta imagem não possui descrição

Descontaminação

Em outra linha de ação, o Comando Conjunto Bahia deu continuidade ao processo de descontaminação biológica de áreas pertencentes ao Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce, na capital baiana. Houve, também, desinfecção sanitária em terminais metroviários de Pernambuco e apresentação da banda de música em frente ao Hospital Agamenon Magalhães, na capital do Estado. Já o Comando Conjunto Leste descontaminou as dependências do Palácio Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, por meio do 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear.

Em locais públicos houve, ainda, higienização de espaços com maior fluxo de pessoas como: na Região Metropolitana de Maceió, em Alagoas, pelo Comando Conjunto Nordeste; no Centro de Santiago, no Rio Grande do Sul, pelos 19º Grupo de Artilharia de Campanha, 9º Batalhão Logístico e 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada; na Delegacia Especializada de Apoio à Mulher pelo 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva, em Marabá, no Pará; e na Unidade de Pronto Atendimento em Nioaque, em Mato Grosso do Sul.

esta imagem não possui descrição

Gesto humanitário

Integrantes do Comando Conjunto Nordeste participaram de campanha de doação de sangue no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará, a fim de reforçar os estoques daquela instituição. Participaram da ação militares das três Forças de Defesa. Em Botucatu, São Paulo, também houve campanha de doação de sangue.

esta imagem não possui descrição

Até o momento, as Forças Armadas empregaram mais de 29 mil militares, mais de mil viaturas, 102 embarcações e 45 aeronaves na missão.

Operação COVID-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à COVID-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia que recebeu o nome de Operação COVID-19.

esta imagem não possui descrição

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento.

Para acessar fotos da Operação COVID-19, visite o Flickr da Operação.

Por Ten Helena, com informações dos Comandos Conjuntos

(MD ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>