Marinha do Brasil encontra corpo de desaparecido no Rio Paraguai

No dia 28 de outubro, a Marinha do Brasil recebeu o comunicado de que três pessoas que estavam pescando nas proximidades do km 1845 do Rio Paraguai, em Corumbá (MS), haviam pulado na água após serem atacadas por abelhas. Duas delas, Alex Sandro Palmero e Adriana Campos Navarros, foram socorridas pela Embarcação Nova Laurinha. Uma embarcação da Capitania Fluvial do Pantanal auxiliou nas buscas e entregou as vítimas à ambulância do SAMU. Marcos Martins Navarros, de 52 anos, pai da Adriana encontrava-se desaparecido.

Embarcação da Capitania Fluvial do Pantanal empregada na busca

Embarcação da Capitania Fluvial do Pantanal empregada na busca

Além das embarcações da Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN), o Comando do 6º Distrito Naval empregou o Navio-Patrulha (NPa) “Penedo”, subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, para realizar a varredura na margem do rio, e uma aeronave do 4° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, que sobrevoou o local do acidente.

Na manhã de 29 de outubro, dois mergulhadores e duas embarcações da CFPN estiveram no local realizando as buscas. Por volta das 9h45, o NPa “Penedo” encontrou o corpo da vítima boiando, preso a camalotes, a 20 metros do local de onde havia desaparecido. Uma lancha da Capitania trouxe o corpo até o Porto Geral de Corumbá.

A Marinha do Brasil alerta aos pescadores e turistas para o uso do colete salva-vidas.

(CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>