Marinha do Brasil participa do 1º Encontro de Especialistas em Defesa Cibernética

No período de 1 a 3 de agosto, nas dependências do Forte Marechal Rondon, em Brasília-DF, foi realizado o 1º Encontro de Especialistas em Defesa Cibernética. O objetivo do evento foi contribuir para o preparo dos recursos humanos do Sistema Militar de Defesa Cibernética (SMDC) e permitir ao Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber) estabelecer contato com significativa parcela do universo mobilizável, em condições de integrar os Módulos Especializados de Defesa e Guerra Cibernética, no caso de necessidade de emprego real dos meios do SMDC.

O encontro foi realizado durante as comemorações do 8º aniversário de criação do Centro de Defesa Cibernética (CDCiber), e foi conduzido na forma de oficinas práticas, em que os participantes puderam aprofundar conhecimentos, reafirmar a necessidade de ações colaborativas e compartilhar experiências nas seis áreas funcionais da cibernética: análise de incidentes, gestão de riscos cibernéticos, análise de artefatos maliciosos, forense computacional, teste de invasão e inteligência cibernética.

O evento reuniu militares e civis especialistas das três Forças Armadas e do Ministério da Defesa. A Marinha esteve representada por oficiais, praças e servidores civis do Estado-Maior da Armada, Comando de Operações Navais, Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, ComDCiber, Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha, CDCiber, Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo, Centro de Inteligência da Marinha, Diretoria de Desenvolvimento Nuclear da Marinha, Centro de Análises de Sistemas Navais, Centro de Tecnologia da Informação da Marinha e Centro de Guerra Eletrônica da Marinha.

Segundo o Contra-Almirante Francisco Neves, Chefe do Estado-Maior Conjunto do ComDCiber, o I Encontro de Especialistas foi mais um evento que contribuiu para o Plano de Capacitação de Pessoal (PLACAPE) da Marinha, assim como para a segurança cibernética dos Sistemas Navais e das infraestruturas críticas de interesse da Força.

(CCSM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>