Marinha entrega Comendas da Ordem do Mérito Naval, em Brasília (DF)

No dia 11 de junho, a Marinha do Brasil celebrou o 149º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha, com a cerimônia de imposição de Comendas da Ordem do Mérito Naval (OMN). O evento aconteceu no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, com as presenças do Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim e dos Comandantes da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, do Exército, General de Exército Enzo Martins Peri, e da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Juniti Saito.

Desfile de militares do Comando do 7º Distrito Naval

Desfile de militares do Comando do 7º Distrito Naval

Na ocasião, 157 personalidades civis e militares, além de 5 instituições foram agraciadas. Entre elas, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot e os Ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller; do Desenvolvimento, Mauro Borges; do Turismo, Vinicius Lages; da Integração Nacional, Francisco Teixeira; e da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif. Os jornalistas e apresentadores da Rede Globo, Alexandre Garcia e Sônia Bridi, também foram agraciados.

Criada pelo Decreto nº 24.659, de 11 de julho de 1934, a OMN destina-se a premiar os militares da Marinha que se tenham distinguido no exercício de sua profissão e, excepcionalmente, corporações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil.

Para o Ministro da Defesa, a vitória em conflitos militares ajuda a consolidar a nacionalidade de um País. “Hoje é dia de comemorar o passado, mas também de olhar para o futuro e para as ações que a Marinha desempenha em defesa da nossa “Amazônia Azul”, dos nossos rios e também nas ações sociais”, ressaltou.

O Comandante da Marinha reforçou a importância da Força Naval para o estabelecimento da paz e segurança do território brasileiro. “Desde a Batalha Naval do Riachuelo, a Marinha segue executando suas tarefas e contribuindo com o progresso do Brasil. Estamos presentes nas operações de paz no Líbano e no Haiti e, quando determinado, atuamos na garantia da lei e da ordem, no apoio à segurança pública e nos grandes eventos que aqui têm sido realizados”.

Em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, foram hasteadas as bandeiras com os sinais do Almirante Barroso, herói brasileiro: “o Brasil espera que cada um cumpra o seu dever” e “sustentar o fogo que a vitória é nossa”. Para encerrar a cerimônia, foi realizado o desfile da tropa de marinheiros e fuzileiros navais em continência ao Ministro da Defesa, Celso Amorim.

(CCSM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>