Marinha – Navegador Amador, segurança em primeiro lugar

Marinha – Navegador Amador, segurança em primeiro lugar

A Marinha se empenha em fazer a sua parte, além da Operação Verão, outras ações marcam a preocupação da Força em minimizar os casos de acidentes nesse tipo de navegação. Um exemplo é a realização do Simpósio de Segurança do Navegador Amador, no último ano ocorrido nas cidades de Brasília e do Rio de Janeiro. Durante o evento são realizadas palestras sobre diversos temas relativos à segurança na navegação. O Simpósio também apresenta o “Dia de Mar”, destinado aos exercícios práticos de segurança.

Simpósio Navegador Amador
Simpósio Navegador Amador

As maiores causas dos acidentes nas embarcações de Esporte e Recreio são:

1- Falta de atenção e vigilância do Comandante;

2 – Comandante inexperiente;

3 – Velocidade excessiva;

4 – Falha na propulsão;

5 – Uso de bebidas alcoólicas;

6 – Navegação em locais perigosos (falta de uso da carta náutica);

7 – Más condições atmosféricas;

8 – Não utilização das regras do RIPEAM; e

9 – Força das ondas, em relação ao porte da embarcação.

As naturezas mais comuns dos acidentes são:

1 – Naufrágio;

2 – Abalroamento;

3 – Colisão com objeto fixo;

4 – Queda de pessoa na água; e

5 – Incêndio.

A navegação de esporte e recreio não pode ser praticada sem todos os cuidados apresentados, cada um é responsável por sua conduta, embarcação e segurança. Se liga! Ser o Capitão, é não só um exercício de cidadania, mas de respeito à vida.

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *