Militares brasileiros que irão para o Haiti participam de exercício em Jaboatão dos Guararapes (PE)

Militares brasileiros que irão para o Haiti participam de exercício em Jaboatão dos Guararapes (PE)

Jaboatão dos Guararapes (PE), 26/10/2016 – A tropa militar que assumirá a missão de paz no Haiti já está pronta para o embarque a Porto Príncipe. O fim dos preparativos foi marcado com a cerimônia de certificação do Batalhão de Força de Paz (BRABAT – sigla em inglês) que irá compor o 25º Contingente Brasileiro para a Missão de Estabilização do Haiti (MINUSTAH- sigla em francês). Coube ao Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) proceder à certificação, conforme normas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O ato marcou o término do Exercício Avançado de Operações de Paz 2016 (EAOP), desenvolvido, desta vez, no perímetro urbano em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. O exercício exigiu uma complexa logística de material e pessoal. Participaram militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de voluntários civis, tripulações de duas aeronaves da Aviação do Exército e representantes de órgãos de segurança pública local.

O CCOPAB realiza a preparação de militares e civis brasileiros e de nações amigas para missões de paz
O CCOPAB realiza a preparação de militares e civis brasileiros e de nações amigas para missões de paz

Durante a primeira semana da atividade, o BRABAT 25, composto por militares do Exército, da Marinha e de um pelotão de infantaria da Força Aérea Brasileira, foi empregado na reação a incidentes que simularam situações que podem ser encontradas no Haiti. A ênfase das ações foi na avaliação dos grupos de combate e pelotões. Todos os pelotões receberam a certificação da aptidão para o desdobramento na MINUSTAH.

O Estado-Maior do BRABAT, no contexto das operações de paz, também foi avaliado com a manutenção de incidentes de tropa no terreno e a exigência de um trabalho coordenado, similar ao que será encontrado no Haiti. Essa fase do estágio exige elevado grau de conhecimento das regras de engajamento e das demais considerações ao emprego da tropa em missões de paz.

O EAOP é um exercício aplicado ao final do período de preparação dos militares
O EAOP é um exercício aplicado ao final do período de preparação dos militares

O comandante do CCOPAB, coronel Carlos Augusto Ramires Teixeira, foi o diretor do EAOP, que contou também com as participações do comandante da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada (10ª Bda Inf Mtz) e coordenador do preparo do 25º contingente brasileiro, general Francisco Humberto Montenegro Junior; do comandante do Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 25º Contingente Brasileiro (BRABAT 25), coronel Roberth Alexandre Eickhoff; e comandante do Centro de Avaliação e Adestramento do Exército (CAADEX),  tenente coronel Urubatã Muterle Gama.

Comandante do BRABAT 23, o coronel Ricardo Pereira de Araújo Bezerra, que hoje está na Secretaria Geral do Ministério da Defesa, participou da apresentação das observações obtidas por Observador Controlador e Avaliador (OCA), tendo por base  experiências  durante a missão no 23º Contingente Brasileiro.

Fotos: Divulgação CCOPAB
(MD ASCOM / FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *