Militares brasileiros são instrutores de curso de desminagem humanitária na Colômbia

Militares brasileiros são instrutores de curso de desminagem humanitária na Colômbia

A segunda turma deste ano do curso em desminagem humanitária teve início na terça-feira (18). Os instrutores, Major de Engenharia do Exército Brasileiro Cláudio Santos Bispo e Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas, integram o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO).

Participam da capacitação, militares do Exército Nacional da Colômbia, que possuem conhecimentos técnicos e atuam em Organizações Militares de Desminagem Humanitária. Com duração de sete semanas, o curso ocorrerá nas instalações da Escola de Engenheiros Militares do Exército Nacional da Colômbia.

O curso contará com instruções e avaliações teóricas e práticas, execução de exercícios simulados, participação em seminário de desminagem e visitas de instrução. Foram realizadas coordenações com organismos internacionais e nacionais, como a Direção da Ação Integral Contra Minas Antipessoais (DAICMA) e com Instituições Militares, como o Centro Nacional Contra Artefatos Explosivos Improvisados e Minas (CENAM), a fim de que estes contribuam na capacitação dos novos Monitores Nacionais.

Foto 1.jpeg

Após o treinamento, os militares colombianos passarão a desempenhar a função de Monitor Nacional em operações de desminagem humanitária. Os Assessores Interamericanos, que representam a Engenharia do Brasil na Colômbia, têm contribuído para fortalecer a capacidade operativa das Forças Militares colombianas no combate às minas e explosivos ainda existentes, e que impactam todo o país.

Com informações do GATI-CO
Divulgação: GATI-CO

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *