Militares da FAB promovem curso de capacitação no Haiti

Militares da FAB promovem curso de capacitação no Haiti

O objetivo é qualificar os haitianos para que possam contribuir no desenvolvimento da sociedade local

Visando proporcionar qualificação profissional aos haitianos, militares da Força Aérea Brasileira (FAB), integrantes do 21º Batalhão Brasileiro de Força de Paz no Haiti (BRABAT 21), coordenaram, entre os meses de março e abril, o Primeiro Estágio de Operador de Empilhadeira. O curso capacitou os moradores na operação do equipamento, dentro das normas de segurança, para transportar, empilhar e posicionar cargas em depósitos, armazéns e pátios.

HAITI 1“A meta da política das Nações Unidas, quando se trata de atividade de Coordenação Civil Militar (CIMIC), é que os conhecimentos transmitidos possam promover capacitação de habitantes locais para melhor contribuírem no desenvolvimento dos diversos setores da sociedade”, esclareceu o Chefe da Seção de Assuntos Civis do BRABAT, Coronel de Infantaria Fábio Augusto Grineberg Domingues.

O estágio, com carga horária de 40 horas/aula, reuniu prestadores de serviço haitianos que trabalham na Base General Bacellar (BGB). Eles servirão como monitores para a formação de futuros operadores.

“Auxiliar na qualificação profissional do povo haitiano fez com que tenha valido a pena o cumprimento da missão no Haiti. Foi uma oportunidade ímpar repassar conhecimento para os habitantes do país”, ressaltou o instrutor, Primeiro Sargento Luis Felipe Martins Dias, do Centro de Transporte Logístico da Aeronáutica (CTLA).

HAITI 2

Todo o curso foi conduzido nas instalações da BGB e contou com a participação de militares da Companhia de Comando e Apoio do Exército Brasileiro.

“Com essa qualificação, acreditamos que eles terão a possibilidade de melhor se posicionarem dentro do mercado de trabalho local”, concluiu o Oficial de Ligação da FAB no Haiti, Major Antônio José Lima Campos.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *