Militares da Marinha do Brasil formam primeira turma de curso de Desminagem Humanitária na Colômbia

Foi realizada, em 12 de março, a formatura da primeira turma de Estudos Não Técnicos (ENT) de Desminagem Humanitária do “Centro Internacional de Entrenamiento Anfibio“, unidade da Armada Nacional da República da Colômbia (ARC). O curso foi coordenado pelo Capitão-de-Corveta (FN) Wagner Fernandes Dias e pelo Capitão-Tenente (FN) Michel Silva Camelo, ambos da Marinha do Brasil. A turma contou com 33 alunos, que foram capacitados para dimensionar o grau de contaminação por minas, explosivos improvisados e munições não detonadas.

Instrutores da Marinha (ao centro) e formandos do Curso de Estudos Não Técnicos

Instrutores da Marinha (ao centro) e formandos do Curso de Estudos Não Técnicos

Em 2014, a ARC criou a “Agrupación de Explosivos y Desminado de la Infantería de Marina” (AEDIM) que, segundo o planejamento do Comando Conjunto das Forças Armadas da Colômbia, deverá capacitar um pelotão de desminagem por ano até 2020 e um efetivo de 90 militares que trabalhará especificamente com Estudos Não Técnico.

Fontes governamentais estimam que, mesmo diante do acordo entre o Governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) para a desminagem, na qual ex-guerrilheiros sinalizariam locais possivelmente minados, o trabalho de desminagem na Colômbia demorará pelo menos 10 anos.

(CCSM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>