Militares das Forças Armadas multiplicam conhecimentos para atuação na Operação Covid-19

Militares das Forças Armadas multiplicam conhecimentos para atuação na Operação Covid-19

s Forças Armadas estão ampliando a capacitação de seus militares e agentes civis para atuarem na Defesa Biológica, Nuclear, Química e Radiológica (BNQR) durante a Operação COVID-19 em todo território nacional.

O 6º Distrito Naval, por meio do 3° Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Ladário (MS), realizou o curso para 10 militares. Foram abordados assuntos como: ameaça biológica; acidentes de natureza nuclear, biológica, química e radiológica; primeiros socorros; equipamentos de proteção individual; descontaminação; isolamento de área contaminada; cadeia de evacuação; entre outros.

esta imagem não possui descrição

Em Manaus (AM), o 1º Batalhão de Operações Riberinhas também instruiu militares do Exército e da Força Aérea Brasileira. O 2º Batalhão de Operações Riberinhas, em Belém (PA), capacitou seu efetivo para agir na descontaminação da cidade, bem como em outras instalações importantes no estado do Pará. O 2º Distrito Naval, em Salvador (BA), capacitou 30 alunos, entre militares das três Forças, Polícia Militar, Bombeiros Militares e um agente da Defesa Civil do estado da Bahia. Já o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (RN), ministra a capacitação até esta quarta-feira (01/04) para 20 militares. A princípio serão realizadas, ao longo de março e abril, novas edições do estágio.

Além do emprego de unidades militares especializadas em BNQR, as Forças Armadas permanecem em condições de disponibilizar recursos operacionais e logísticos quando se fizerem necessários para apoiar ações, como controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos; controle de acesso às fronteiras; e triagens de pessoas com suspeita de infecção para encaminhamento a hospitais.

esta imagem não possui descrição

Até o momento, a operação envolve a participação de mais de 5.500 militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. Cerca de 660 viaturas, 53 embarcações, três aeronaves estão sendo empregadas pelos 10 Comandos Conjuntos e pelo Comando Aeroespacial permanente.

Por Tenente Raquel Alves

Fotos: Divulgação

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *