Militares desinfectam Terminal Salineiro de Areia Branca (RN) e Aeroporto de Brasília (DF)

Militares desinfectam Terminal Salineiro de Areia Branca (RN) e Aeroporto de Brasília (DF)

O Terminal Salineiro de Areia Branca, que fica na região da Costa Branca potiguar, foi desinfectado nesta terça-feira (14) por militares das Forças Armadas. A ação coordenada pelo Comando Conjunto ativado Rio Grande do Norte e Paraíba faz parte da Operação Covid-19, do Ministério da Defesa no combate à proliferação do novo coronavírus.

esta imagem não possui descrição

Por tratar-se de um Porto-Ilha, o Navio-Patrulha “Graúna” da Marinha do Brasil foi empregado para o transporte da equipe até o terminal. O trabalho de desinfecção foi realizado pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (EqRspNBQR) do Comando do 3º Distrito Naval, composta por militares aptos a atuarem na descontaminação de ambientes, pessoal e material. A ação foi conduzida em horário reservado, sem a concentração de pessoas no local, facilitando a atuação e a aplicação dos produtos químicos de forma segura.

esta imagem não possui descrição

Essa é a primeira vez que um terminal desta categoria passa por desinfecção pelas Forças Armadas. O Rio Grande do Norte é o maior produtor de sal do país. O sal movimentado no terminal tem como principais destinos as indústrias de cloro brasileiras.

Também nesta terça-feira foi realizada a desinfecção do aeroporto de Brasília (DF) por militares do Exército. Tropas do Comando Conjunto do Planalto, especializadas em NBQR realizaram a ação com o acompanhamento de bombeiros civis e funcionários do aeroporto que estavam sendo capacitados. Apesar do número reduzido de voos, os aeroportos são locais de grande movimentação, que contribuem para disseminação da Covid-19.

Mais de 42 locais, como rodoviárias, aeroportos, escolas, hospitais, estação BRT, estação das barcas, estação de trens e abrigos municipais já foram descontaminados por militares empregados na Operação Covid-19.

esta imagem não possui descrição

Operação Covid-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à Covid-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia e recebeu o nome de Operação Covid-19. Até o momento, são mais de 27 mil militares envolvidos na ação, utilizando 816 viaturas, 71 embarcações e 26 aeronaves.

Para conhecer mais sobre as ações, acesse o hotsite da Operação Covid-19.

Para acessar fotos da Operação Covid-19, visite o Flickr da Operação.

Por Tenente Franklin

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *