Militares do GptFNNa retornam após apoio aos Jogos Olímpicos 2016

Militares do GptFNNa retornam após apoio aos Jogos Olímpicos 2016

Após dois meses no Rio de Janeiro prestando apoio aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, 74 militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa) retornaram para Natal, em 21 de setembro, sendo recebidos pelo Chefe do Estado-Maior (CEM), Capitão de Mar e Guerra Josean Alves Pinheiro e por toda a tripulação da Organização Militar.

Fuzileiros Navais em formatura para boas-vindas
Fuzileiros Navais em formatura para boas-vindas

“As declarações do Ministro da Defesa, que enfatizou não ter havido qualquer ocorrência grave e que a tranquilidade na cidade do Rio é um atestado de que tudo ocorreu conforme os órgãos de Defesa e de Segurança Pública previam, deixando a sensação de segurança aos cariocas e turistas, demonstram o profissionalismo de todos os senhores, que escolheram a vida de Fuzileiros Navais, tropa expedicionária por natureza, que cumprem sua missão e regressam para o seio de suas famílias com o sentimento do dever cumprido”, destacou o CEM.

Em 58 dias de atividades de apoio à segurança dos Jogos Rio-2016, na capital fluminense, os militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica foram empregados. O esforço contou, em todo o País, com o monitoramento, vigilância e proteção de 139 estruturas estratégicas. Na cidade do Rio, as Forças Armadas garantiram proteção de 73 estruturas estratégicas.

Foram realizadas, no Rio de Janeiro, 12.300 patrulhas marítimas, a pé, a cavalo, motorizadas e com blindados. No total, foram utilizados 26 navios, 3.083 viaturas, 109 blindados, 51 helicópteros, 81 embarcações, 80 aeronaves e 370 motocicletas.

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *