Ministério e CAPES promovem concurso de dissertações e teses sobre Defesa Nacional

Ministério e CAPES promovem concurso de dissertações e teses sobre Defesa Nacional

As inscrições para participar do Concurso Ministério da Defesa/Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) de Dissertações e Teses sobre Defesa Nacional (CDTDN) estão abertas até 7 de agosto. O edital do certame foi publicado no Diário Oficial da União, na segunda-feira (15).

A iniciativa do Ministério da Defesa, em parceria com a CAPES, vai premiar as melhores dissertações e teses defendidas entre 2018 e 2019. A intenção é ampliar a produção científica e consolidar, no meio acadêmico, o pensamento sobre a Defesa Nacional. Além disso, pretende estimular o desenvolvimento de pesquisas acerca da importância do tema.

Certame ocorre a cada dois anos, último foi em 2018
Certame ocorre a cada dois anos, último foi em 2018

De âmbito nacional, o concurso é aberto à participação de mestres e doutores cujas dissertações e teses tenham sido aprovadas, no período de 01 de janeiro de 2018 a 31 de dezembro de 2019, em programas de pós-graduação stricto sensu. Serão considerados os trabalhos relacionados com a Política Nacional de Defesa, com as ações da Estratégia Nacional de Defesa ou, ainda, com o Livro Branco de Defesa Nacional, no que trata dos projetos estratégicos das Forças Armadas.

O Concurso será dividido em duas categorias: tese de doutorado e dissertação de mestrado. Cada candidato poderá concorrer em apenas uma delas.

A Comissão Julgadora contará com membros da comunidade acadêmica dedicados aos Estudos de Defesa, todos com titulação mínima de Doutor.

Haverá, inclusive, premiação em dinheiro aos autores dos trabalhos vencedores em cada uma das categorias, com os valores constantes do Edital.

Além desse prêmio, os três primeiros colocados de ambas as categorias serão agraciados com bonificação, conforme os valores do Edital, para colaborar com a participação dos mesmos em evento acadêmico-científico nacional. O orientador principal do primeiro colocado de cada categoria também será premiado com auxílio para futura participação em evento acadêmico-científico internacional.

O resultado será divulgado em novembro no DOU e a cerimônia de premiação está prevista para dezembro, em Brasília. A inscrição de cada dissertação ou tese deverá ser realizada, exclusivamente, pelo site https://pcd.capes.gov.br/inscricao, até às 18h do dia 07 de agosto de 2020, horário de Brasília.

Confira o regulamento da primeira edição do Concurso MD/CAPES de Dissertações e Teses sobre a Defesa Nacional na página: https://www.gov.br/defesa/pt-br/assuntos/ensino-e-pesquisa/copy_of_defesa-e-academia/concurso-de-dissertacoes-e-teses

Acordo de cooperação
O concurso é um dos frutos do Acordo de Cooperação celebrado pelo MD e pela CAPES, em 18 de abril, para a promoção dos estudos de Defesa do País. O acordo estabelece cooperação técnico-científica entre as partes, visando à promoção de visibilidade, à identificação e à valorização de dissertações e teses de autores brasileiros, cujos temas tenham relação com a área de Defesa Nacional.

Para isso, a CAPES dará suporte a concursos e eventos acadêmicos organizados pelo Ministério, por intermédio da Secretaria de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto (SEPESD).

Para Benedito Aguiar, presidente da CAPES, o concurso vai estimular a ampla divulgação dos resultados da cooperação entre os dois órgãos: “A CAPES e Ministério da Defesa já são parceiros nos programas Pró-Defesa e Procad-Defesa, que têm gerado resultados importantes tanto para a Defesa Nacional quanto para a pesquisa científica nesta área, que é tão relevante para o País”.

O Concurso é realizado bienalmente, desde 2004, pelo Ministério e premia dissertações de mestrado e teses de doutorado aprovadas em Programas de Pós-Graduação stricto sensu do País. Com a participação da CAPES, o Concurso ganha relevo e amplitude, agregando ainda mais valor à iniciativa.

Por meio dessa parceria, os vencedores do concurso, a partir de agora, terão acesso e meios para participarem de congressos acadêmicos e científicos, estimulando ainda mais a busca pelo notório saber na área da Defesa. Além disso, a CAPES terá participação ativa na organização da Comissão Julgadora do evento.

“A realização do CDTDN em parceria com a CAPES é um grande avanço para ampliar as ações de fomento à pesquisa, criadas pelo Departamento de Ensino do Ministério da Defesa. A partir de 2020, os pesquisadores que se inscreverem no Concurso contarão também com o apoio da principal agência de fomento do País na divulgação de seus trabalhos”, disse o Diretor de Ensino do Ministério da Defesa, General Jorge Antonio Smicelato.

Por Maristella Marszalek
Fotos: divulgação Ministério da Defesa

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *