Ministro acompanha Operação Carro-Pipa em Garanhuns (PE)

Ministro acompanha Operação Carro-Pipa em Garanhuns (PE)

Jacuti e Garanhuns (PE), 14/01/2016 – Maria Euzenir é apontadora do ponto de abastecimento de Pedra Comprida, no pequeno município de Jacuti (PE), há dois anos. É na cisterna de sua propriedade que a Operação Carro-Pipa, conduzida pelo Comando Militar do Nordeste (CMNE), joga água potável suficiente para abastecer 18 moradores da localidade. “Com a água chegando aqui, a vida melhorou demais”, comemora ela que, antes de ser beneficiada pela operação, tinha que buscar água fora da sua comunidade.

O trabalho da apontadora Maria Euzenir é receber o caminhão, conferir a fonte da água, sua potabilidade, e permitir o abastecimento da cisterna
O trabalho da apontadora Maria Euzenir é receber o caminhão, conferir a fonte da água, sua potabilidade, e permitir o abastecimento da cisterna

Na quarta-feira (13), o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, acompanhado pelo comandante militar do Nordeste, general Manoel Pafiadache, e pela comitiva, viu de perto o trabalho do Comando do 71º Batalhão de Infantaria Motorizada, em Garanhuns, na Operação Carro-Pipa. Jacuti é um dos 51 municípios nos quais a distribuição de água fica a cargo desse batalhão, também chamado Duarte Coelho.

Após ouvir apresentação realizada pelo chefe do comando, coronel Sandro Gomes de Vasconcelos, na sede do batalhão, o ministro e sua comitiva visitaram o ponto de abastecimento onde Maria Euzenir já estava atestando a entrega da água feita pelo caminhão do pipeiro Cícero.

Ao lado do prefeito de Jacuti, Gerson Henrique de Melo, Rebelo verificou o trabalho de Maria Euzenir que, como apontadora, é responsável por receber o caminhão, conferir a fonte da água, sua potabilidade, e permitir o abastecimento da cisterna. Ela e o pipeiro, como outros milhares que atuam na Operação Carro-Pipa em todo o Nordeste, são parte importante do sistema de fiscalização da entrega da água. Uma eficiente estrutura que permite o acompanhamento da operação e que é capaz de medir as rotas e fiscalizar o serviço pela internet.

“O nível de eficiência, controle e fiscalização que envolve uma operação como essa é essencial para cumprir as suas finalidades, evitar desvios e reduzir custos”, disse o ministro. Segundo o comandante Vasconcelos, o sistema de fiscalização já resultou em economia de cerca de R$ 1 milhão em recursos, apenas na readequação das rotas feitas pelos pipeiros.

A Operação Carro-Pipa resulta da cooperação entre os ministérios da Integração Nacional e da Defesa
A Operação Carro-Pipa resulta da cooperação entre os ministérios da Integração Nacional e da Defesa

No âmbito da Operação Carro-Pipa, o batalhão em Garanhuns tem sob sua responsabilidade 22 mananciais, 3.813 cisternas e a contratação e fiscalização do trabalho de 354 pipeiros, que buscam a água nos mananciais e a leva aos pontos de abastecimento. Nessa região, quase 24 mil pessoas são beneficiadas com o programa.

Na quarta-feira, o ministro presenciou a realização do sorteio para a contratação da nova leva de cerca de 350 pipeiros que serão responsáveis pelo trabalho de abastecimento dos próximos três meses.

O Programa Emergencial de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro (Operação Carro-Pipa) resulta da cooperação técnica e financeira entre os ministérios da Integração Nacional e da Defesa. O objetivo é distribuir água potável prioritariamente às populações rurais atingidas por estiagem e seca.

Atualmente, o programa, conduzido pelo CMNE, atende 873 municípios do semiárido nordestino, além da região norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. São beneficiadas aproximadamente 3,9 milhões de pessoas.

Participaram da comitiva da visita à Garanhuns o secretário geral do Ministério da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, e o chefe de Assuntos Estratégicos do Estado Maior-Conjunto das Forças Armadas, general Gerson Menandro.

Foto: Danilo Guerra/CMNE

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *