Ministro da Defesa acompanha Presidente Bolsonaro em transmissão de cargo do Comando Militar do Sudeste

Ministro da Defesa acompanha Presidente Bolsonaro em transmissão de cargo do Comando Militar do Sudeste

O Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro, na cerimônia de transmissão de cargo do Comando Militar do Sudeste (CMSE), na manhã desta quinta-feira (14). Na ocasião, o General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva assumiu a função no lugar do General Eduardo Antonio Fernandes.

Foto 1 destaque.jpeg

Homenagens, despedidas e boas-vindas marcaram a solenidade, no Espaço Cultural do CMSE. O Presidente Bolsonaro agradeceu a atuação dos generais e destacou que “todos os brasileiros podem sempre contar com o Exército Brasileiro”.

Em suas palavras de despedida, o General Fernandes enfatizou a honra e o orgulho de ter comandado o CMSE. Ele pontuou sua atuação no Comando Conjunto Sudeste, que reúne as três Forças Armadas em ações, como o combate à pandemia, com “comprometimento e estreita ligação, apoio e coordenação com instituições federais, estaduais e municipais”, disse. Ao deixar o Comando do CMSE, o General Fernandes assume a Chefia de Assuntos Estratégicos do Ministério da Defesa.

Gen Fernandes.jpg

O Comandante do Exército, General Edson Leal Pujol, leu a referência elogiosa ao General Fernandes. “Sua visão estratégica e capacidade de antecipar-se aos fatos garantiram elevado grau de operacionalidade da tropa do CMSE, tanto no preparo quanto no emprego”, enalteceu.

O novo Comandante Militar do Sudeste, General Tomás, é natural de São Paulo e ingressou no Exército em 1975, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx). Integra a Arma de Infantaria da Força Terrestre e comandou diversas organizações militares ao longo da carreira, como a Academia Militar das Agulhas Negras, o Gabinete do Comandante do Exército e a 5° Divisão do Exército. Em 2019, foi promovido a General de Exército, mais alto posto da Força Terrestre.

Troca de Comando CMSE.jpg

Durante a cerimônia, coral, formado pela Banda de Música do 2º Batalhão de Polícia do Exército e por alunos do Colégio Militar de São Paulo, entoou a Canção do Exército. A solenidade também contou com a presença do Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, do Ministro-Chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, da Ministra-Chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, do Comandante do Exército nomeado, General Paulo Sérgio, e demais autoridades militares e civis.

Autoridades.jpeg

No salão onde o evento ocorreu, chama a atenção a réplica do famoso quadro Independência ou Morte, de Pedro Américo. Com seis metros de altura e 12 metros de comprimento, traz um dos momentos mais marcantes da história do País.

Por Mariana Alvarenga, editado por Margareth Lourenço
Fotos: Igor Soares

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *