Ministro da Defesa visita Comando-em-Chefe da Esquadra

Ministro da Defesa visita Comando-em-Chefe da Esquadra

Rio de Janeiro, 01/06/2016 – O ministro da Defesa, Raul Jungmann, visitou, na quarta-feira (01), o Comando-em-Chefe da Esquadra, organização militar que coordena quase a totalidade dos meios operativos da Marinha, como navios, aeronaves e blindados da Marinha.

O ministro Jungmann conheceu os meios navais, como o submarino da classe Tupi S-30
O ministro Jungmann conheceu os meios navais, como o submarino da classe Tupi S-30

Na ocasião, o ministro, acompanhado do comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, assistiu a uma palestra sobre a estrutura organizacional, os aspectos orçamentários e as principais operações da Força Naval.

A apresentação foi proferida pelo comandante em Chefe da Esquadra, vice-almirante Celso Luiz Nazareth, que falou sobre as diversas Forças subordinadas a ele, como a Força de Superfície (ComForSup), a Força de Submarinos (ComForS) e a Força Aeronaval (ComForAerNav).

Durante a visita, o ministro da Defesa destacou a importância de conhecer de perto o trabalho da Marinha. “Isso nos permite conhecer ‘in loco’ o compromisso, a dedicação e o esforço dos militares que integram a Força. Aqui, se vê na prática o compromisso da Marinha com o Brasil”, disse.

“Aqui se vê e se aprende a capacidade de superação das dificuldades em função de realizar as missões que são acometidas à Marinha do Brasil", afirmou o ministro
“Aqui se vê e se aprende a capacidade de superação das dificuldades em função de realizar as missões que são acometidas à Marinha do Brasil”, afirmou o ministro

Posteriormente, o ministro teve a oportunidade de conhecer os meios navais da esquadra brasileira, como o submarino da classe Tupi, S-30, a Fragata Constituição, F-42, da classe Niterói, e o Navio Doca Multipropósito Bahia, incorporado à Marinha em abril deste ano. Graças à sua elevada capacidade operacional, este navio projeta poder para a Força Naval, controlando as áreas marítimas afastadas do litoral e de defesa e controle das atividades econômicas na Amazônia Azul.

“Aqui se vê e se aprende a capacidade de superação das dificuldades em função de realizar as missões que são acometidas à Marinha do Brasil e, por isso, é motivo de admiração e também de muito orgulho saber que temos tal grau de comprometimento e preocupação”, concluiu o ministro da Defesa, Raul Jungmann.

Fotos: Felipe Barra/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *