Ministro da Defesa visita Navio Capitânia da Operação Amazônia Azul

Ministro da Defesa visita Navio Capitânia da Operação Amazônia Azul

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, esteve, na quinta-feira (28), em Recife, para uma visita a navios da Esquadra brasileira, que participam da Operação Amazônia Azul. Ele conheceu as instalações dos Navio Doca Multipropósito “Bahia”, o Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”, e a unidade Anfíbia da operação. Além disto, falou para as tripulações dos navios atracados na capital pernambucana e para os Fuzileiros Navais que fazem parte da operação.

O ministro foi recebido pelo Comandante em Chefe da Esquadra, Almirante José Augusto Vieira da Cunha de Menezes; pelo Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Alan Guimarães Azevedo; e pelo Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante Paulo Martino Zuccaro, além das autoridades militares do Exército e da Força Aérea Brasileira. Representantes das agências diretamente envolvidas com a limpeza das praias atingidas pelas manchas de óleo também estavam presentes.

esta imagem não possui descrição

O ministro chegou a bordo do “Bahia” transportado por helicóptero pertencente ao Comando do 2º Esquadrão de Emprego Geral, sediado em São Pedro da Aldeia (RJ), que se encontra participando da operação como componente do Destacamento Aéreo Embarcado.

esta imagem não possui descrição

Na ocasião, o ministro participou de uma videoconferência com todos os Comandos Navais Ativados: no Rio de Janeiro, Salvador, Natal e Belém. Ele disse que a Marinha já navegou mais de 20 mil milhas durante a Operação Amazônia Azul – Mar limpo é vida, e que está muito satisfeito com os resultados alcançados pela operação. Disse ainda que este tipo de operação é realizado anualmente na região do Espírito Santo, mas que desta vez foi movimentada para o Nordeste, num grande esforço logístico de conceito ambiental.

Destacou que não foi identificada nenhuma grande mancha e que tem observado grandes exemplos de integração entre as Forças e as Agências. “O motivo do sucesso da operação é a integração”, ressaltou.

esta imagem não possui descrição

A comitiva visitou ainda a unidade anfíbia da operação, composta por efetivo de cerca de 700 Fuzileiros Navais, pertencentes ao Comando de Fuzileiros da Esquadra (ComFFE), sob o comando do Almirante Paulo Martino Zuccaro. O Comandante explanou sobre o trabalho dos fuzileiros e especificou uma situação ocorrida no Rio Persinunga, que já havia sido considerado limpo. Graças à atuação de mergulhadores do Corpo de Fuzileiros Navais, foram extraídas mais de duas toneladas de resíduos que estavam imperceptíveis no fundo do manguezal. “É esse tipo de valor agregado que viemos aportar para esta operação”, afirmou o Almirante.

O ponto alto da visita ficou por conta da fala do ministro às tripulações dos navios e aos Fuzileiros Navais que fazem parte da operação. O responsável pela pasta da Defesa disse que a única recompensa dos militares é o espírito de cumprimento de missão. Afirmou que saía de Recife “como velho soldado, e não como Ministro da Defesa, mais orgulhoso ainda com as Forças Armadas e com a Marinha do Brasil”.

esta imagem não possui descrição

Além de elogiar a tropa, o ministro mencionou o Projeto de Lei 1.645, que trata da reestruturação da carreira dos militares. Ele comunicou que só falta a votação no Senado para que as mudanças entrem em vigor. Destacou que a dedicação exclusiva e disponibilidade permanente foram os principais motivos para o sucesso no encaminhamento do projeto. Sobre o conteúdo do projeto de lei, ele lembrou que “realmente habilita a vocação militar, prestigia a carreira militar e ampara com maior segurança a família dos nossos soldados, marinheiros e aviadores. ”

esta imagem não possui descrição

Após a mensagem, o ministro quebrou o protocolo e propôs aos presentes a comemoração no melhor estilo dos paraquedistas. Convidou os militares a fazer dez repetições de flexões de braço. Em meio a grande vibração, comandou a contagem que foi encerrada com grande emoção dos presentes.

Por Comandante Cleber Ribeiro

Fotos: SG Ibraim /CCSM

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *