Modernização das Forças Armadas é um processo que não tem retorno, diz ministro Jaques Wagner

Modernização das Forças Armadas é um processo que não tem retorno, diz ministro Jaques Wagner

O processo de modernização das Forças Armadas é uma decisão de governo estabelecida em documentos e “não tem retorno”. A explicação foi dada pelo ministro da Defesa, Jaques Wagner, nessa sexta-feira (30/1), durante entrevista após a posse do novo comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Rossato, na Base Aérea de Brasília (DF).

MODERNIZACAO DAS FORCAS

Na conversa com os jornalistas, Jaques Wagner explicou que mesmo num momento de paz, onde o país não sofre qualquer tipo de ameaça externa, existe a oportunidade para que se possa reforçar os mecanismos de defesa. Segundo o ministro, a ida dele para o cargo representa a continuidade de um projeto que vem sendo levado a cabo pela presidenta Dilma Rousseff.

“Apesar de termos a tradição absolutamente pacífica, isso não quer dizer que a gente vá se desguarnecer. Ao contrário, bem faz quem garante a sua defesa em favor da paz, que aí você não se sente desprotegido ou ameaçado”, disse o ministro.

Jaques Wagner participou da série de troca de comando das Forças Armadas. Na próxima semana, o general Eduardo Villas Boas assume o Exército e o almirante Eduardo Leal Ferreira, a Marinha do Brasil. As duas cerimônias acontecem em Brasília.

Foto: Tereza Sobreira

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *