Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Mudanas na FAB incluem reorganizao de unidades areas e adequao de bases

Apesar de toda a reestruturao nenhuma Base Area ser fechada

Essa Fora Area de 2041 muito mais de vocs do que minha. Todos devem se empenhar nisso, estudar e aceitar a mudana. Recursos devem ser otimizados e novos conceitos precisam ser adotados. As palavras do Comandante da Aeronutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, direcionadas a militares ao encerrar uma das apresentaes intitulada Olhando para o Futuro, representam a viso do Comando em relao reestruturao pela qual a Fora est passando.

bases 1

Estudos, otimizao de recursos e novos conceitos so as palavras-chave do processo que pretende levar a FAB a um novo patamar at completar seus 100 anos, em 2041. Ns temos sempre que otimizar a utilizao dos recursos, independentemente de t-los em maior ou menor quantidade, destaca o Comandante.

Entenda

A disperso excessiva das unidades no territrio dificulta o adestramento e o gerenciamento dos recursos, explica o Tenente-Brigadeiro Rossato.

bases 2

Historicamente, seja por herana de unidades da Marinha e do Exrcito que deram origem a muitas organizaes da FAB , seja pelanecessidade de apoio em diversos pontos devido pouca autonomia das antigas aeronaves, ou ainda pela posio estratgica que deveriam ocupar, as Bases Areas e seus esquadres foram distribudos em todo o territrio brasileiro.

Algumas unidades do Exrcito chamadas Corpos de Base foram herdadas pela FAB e, em maio de 1941, passaram a ser denominadas Bases Areas. Mas j no surgimento dos Corpos houve, conforme registra o livro Histria Geral da Aeronutica Brasileira, um significativo sinal de orientao doutrinria, no sentido de assegurar mobilidade s unidades areas para seus desdobramentos.

O litoral do Nordeste era considerado uma regio vital para os Aliados, j que por ali passavam, durante a Segunda Guerra Mundial todos os transportes martimos destinados ao Caribe, aos Estados Unidos e, alguns, Europa. Tambm era rota de todo o trfego vindo da Amrica do Sul, da frica, das ndias ou do Pacfico.

Alm disso, no incio de 1942, as atenes estavam voltadas para aquela regio tendo em vista as ameaas trazidas pela Segunda Guerra. Havia, segundo os historiadores, um clima de expectativa muito grande, movimentos de navios de guerra, preparo de pista e construo de aerdromos, crescente trfego de avies e muitas notcias de navios brasileiros e de oturas naes atacados. Foi nesse contexto que comearam a ser acionadas misses de patrulha e, portanto, tornando ainda mais necessrias as infraestruturas de apoio aos esquadres.

Diagnstico

Alguns dos problemas observados pelo Comando e que devem ser resolvidos, ao longo do processo de reestruturao, so a sobreposio de atividades, os processos de trabalho, a disperso geogrfica excessiva das unidades e os efetivos crescentes na rea administrativa.

Parte das mudanas, portanto, de carter organizacional, que inclui a concentrao de unidades, a reduo das atividades em algumas Bases e alteraes nos Comandos Areos Regionais e em alguns Grandes Comandos.

Perspectiva

Hoje, com o avano na tecnologia e a maior autonomia das aeronaves, no h necessidade de manter esquadres to dispersos no territrio nacional, explica o Comandante. As misses podem ser cumpridas sem tantas paradas para abastecimento, por exemplo, e os avies chegam mais facilmente de uma ponta a outra do Pas quando acionados.

bases 3

Assim, algumas Bases passaro a sediar mais unidades areas, enquanto outras sero bastante reduzidas e serviro como pontos de apoio ou desdobramento. Nenhuma delas ser fechada porque precisamos manter nossa representatividade em pontos estratgicos, seja para o caso de necessidade de treinamentos, de grandes eventos ou para ajuda em calamidades. Ento, poderemos ter Bases com dois mil militares e outras com apenas uma infraestrutura de apoio e segurana, ressalta o Tenente-Brigadeiro Rossato.

Isso vai significar, segundo o Comandante, uma reduo expressiva na utilizao de recursos, chegando a menos de 20% do que gasto hoje em algumas das organizaes. Ele explica que, alm da otimizao dos processos administrativos, a reestruturao organizacional vai melhorar a distribuio dos efetivos, tambm impactando na economia de recursos.

Para manter o alto grau de operacionalidade e adestramento da Fora, algumas alternativas j esto previstas, como incremento da Tecnologia de Informao e da utilizao de simuladores; e uso intensivo de tecnologia de ponta, como Veculos Areos No Tripulados (VANT) e satlites.

Tudo isso, ressalta o Comandante da Aeronutica, faz parte do esforo para manter a instituio sempre atualizada. “Precisamos mudar constantemente e sempre nos modernizar para no sermos superados ou ficarmos obsoletos”, acredita o Tenente-Brigadeiro Rossato.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *