Navios da Esquadra realizam exercício de Guerra Cibernética durante a Operação “ADEREX-Anfíbia/Superfície 2021”

Navios da Esquadra realizam exercício de Guerra Cibernética durante a Operação “ADEREX-Anfíbia/Superfície 2021”

Durante a Operação “ADEREX-Anfíbia/Superfície” realizada no período de 20 a 28 de maio, o Comando da Primeira Divisão da Esquadra (ComDiv-1) e o Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp) conduziram o Exercício de Contraposição às Ameças Cibernéticas, conhecido como “OCTOPUS”. Para esse propósito, foram empregados a 1ª Equipe de Exploração e Ataque da Divisão de Guerra nucleada no CoNavOpEsp e um Destacamento de Proteção Cibernética embarcado no Navio-Aeródromo Multipropósito NAM “Atlântico” em assessoramento direto ao Comandante do Grupo-Tarefa da Operação.
A 1ª Equipe de Exploração e Ataque realizou ações no Espaço Cibernético da Operação “ADEREX-Anfíbia/Superfície” em busca de vulnerabilidades que permitissem degradar o Comando e Controle, bem como realizar ações nos meios navais componentes da Operação.
O Destacamento de Proteção Cibernética participou dos adestramentos dos militares dos navios na utilização do sistema computacional para contraposição a ameaças cibernéticas chamado Dreadnought“, a fim de consolidar os procedimentos de identificação, bloqueio e reporte de atividades anômalas observadas no âmbito de suas redes. O exercício foi realizado a partir de um ambiente cibernético planejado, desenvolvido pela Divisão de Guerra Cibernética do CoNavOpEsp.
O Exercício “OCTOPUS” tem o propósito de aperfeiçoar a execução das Ações de Guerra Cibernética em proveito da Força Naval e contribuir para o fortalecimento da mentalidade de Defesa Cibernética no Setor Operativo.
(CCSM/FM)
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *