Nota de Falecimento: Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira (ANVFEB)

O Brasil perde o eminente intelectual e Veterano da FEB Boris Schnaiderman, aos 99 anos, na noite da quarta-feira 18 de maio de 2016.  Nascido em 1917 em Úman, Ucrânia, imigrou com a família para o Brasil em 1925, com oito anos. Encontrava-se internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, após ter uma queda em sua residência, que determinou uma cirurgia no fêmur, após o que contraiu a pneumonia que infelizmente foi fatal. O velório realiza-se no Centro Cultural Maria Antônia, da USP. O corpo será cremado no Crematório Vila Alpina.

Veterano Boris Schnaiderman e esposa Jerusa, no lançamento de Soldados que Vieram de Longe, no Arquivo Histórico Judaico Brasileiro, em São Paulo, agosto de 2009.  Veem-se nas laterais da foto os saudosos Coronéis Jairo de Oliveira (à esquerda), então presidente da Associação dos Ex-Combatentes do Brasil, e Veterano Antônio Cruchaki (à direita), então presidente da Associação Nacional dos Veteranos da FEB de São Bernardo do Campo (SP).

Veterano Boris Schnaiderman e esposa Jerusa, no lançamento do livro “Soldados que Vieram de Longe”, no Arquivo Histórico Judaico Brasileiro, em São Paulo, agosto de 2009. 

O Prof. Boris foi biografado nos livros “Soldados que Vieram de Longe”, e “Estrela de David no Cruzeiro do Sul”, de Israel Blajberg.  Era escritor consagrado, tradutor, ensaísta e maior autoridade em literatura russa no Brasil, autor de Guerra em Surdina, romance autobiográfico e semificcional que relata sua experiência como pracinha da FEB, sargento de artilharia, embarcado aos 02 julho 1944, retornando aos 18 julho 1945. Em 2015 publicou Caderno Italiano, sua ultima obra, também autobiográfica e com novas revelações sobre a epopeia da FEB.  Aposentado pela USP desde 1979 continuou sempre mantendo suas atividades literárias.

A melhor homenagem que poderemos prestar ao ilustre e estimado Professor Boris Schnaideman será manter desfraldada a bandeira da preservação da memória da FEB, a qual tanto contribuiu e se dedicou. Que sua alma faça parte da corrente da vida eterna.

(ANVFEB  ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>