Oficiais Generais das Forças Armadas cumprimentam o presidente Temer em cerimônia de fim de ano

Oficiais Generais das Forças Armadas cumprimentam o presidente Temer em cerimônia de fim de ano

Brasília (DF) –  O Presidente da República, Michel Temer, acompanhado da primeira-dama,  Marcela Temer, recebeu na segunda-feira (18), na Ala 1 (Base Aérea de Brasília), os cumprimentos de fim de ano dos oficiais generais da Marinha, Exército e Aeronáutica. Durante o tradicional almoço, o presidente Temer afirmou que as Forças Armadas têm ajudado o Brasil a se posicionar no mundo de maneira muito positiva.  Temer ainda destacou que a presença do Exército, da Marinha e da Aeronáutica em outros países, de forma disciplinada, hierarquizada e organizada, contribui para fortalecer a imagem do País.

Ao falar na cerimônia, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciou a modernização do núcleo do Poder Naval com o lançamento do Projeto “Corveta Classe Tamandaré”. “Na próxima terça-feira (19), estaremos no Rio de Janeiro para o lançamento público internacional para a construção de quatro corvetas”, completou Jungmann.

Também se referindo a missões de paz, Jungmann disse que o Brasil saiu consagrado da missão do Haiti. “O Brasil tem compromisso internacional, acordos firmados, e portanto, o dever com a estabilidade e a paz mundial. Recentemente, estive em Vancouver (Canadá), na Conferência das Nações Unidas, vi o prestígio, a capacidade e o profissionalismo que gozam as Forças Armadas brasileiras. Nunca tivemos uma denúncia de abuso”. Segundo Jungmann o Brasil conquistou um ativo, em termo de respeito e projeção internacional, a partir do desempenho no Haiti. “Senhor presidente, eu posso lhe assegurar que nós temos uma formação e capacitação de recursos humanos nas Forças Armadas entre as melhores do mundo”, dirigiu-se o ministro ao Presidente Temer.

Jungmann falou sobre a atuação dos militares em ações da Garantia da Lei e da Ordem (GLO). “O senhor presidente tem tido uma coragem ímpar. Nós temos a disposição e a coragem do presidente em enfrentar essa chaga (se referindo a crise na segurança pública nos estados). Ainda que não seja missão essencial das nossas Forças Armadas, lá estão elas para prestar serviço, porque missão dada é missão cumprida. Mais um testemunho do profissionalismo das Forças Armadas”, destacou.

Sobre a proteção das fronteiras, o ministro declarou que o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras, o SISFRON, deve se expandir para os estados de Rondônia, Mato Grosso e Santa Catarina. “Precisamos manter e acelerar nossos projetos estratégicos, e em breve, sob a liderança do senhor presidente, daremos sequência a todos os acordos bilaterais com relação a nossas fronteiras porque o crime  não pode ser resolvido apenas no espaço nacional”, afirmou Jungmann.

Agradecendo o apoio do presidente Temer, encerrou sua mensagem dizendo que as Forças Armadas são um ativo democrático do País.

Na abertura do evento, ocorrido na Ala 1, organização da Força Aérea, o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, saudou o presidente Temer, os comandantes da Marinha e do Exército, integrantes do Ministério da Defesa e o Alto Comando das Forças Armadas. “Como oficiais generais somos todos responsáveis pela manutenção da ordem, da hierarquia, da lealdade, do respeito, da disciplina e da tarefa constitucional de nossas instituições”, disse o brigadeiro Rossato.

Fotos: Sgt Manfrim/MD

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *