Oficial-General é eleito Vice-Presidente em grupo internacional

A eleição ocorreu durante a 18ª Reunião do GREPECAS

O Chefe do Subdepartamento de Operações do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, foi eleito Vice-Presidente do Grupo Regional de Planejamento e Implementação para as Regiões do Caribe (CAR) e América do Sul (SAM), o GREPECAS. A eleição ocorreu durante a 18ª Reunião do Grupo, realizada no período de 9 a 14 de abril, em Punta Cana, na República Dominicana. Para a presidência foi eleito Santiago Rosa Martínez, do Instituto Dominicano de Aviação Civil (IDAC), da República Dominicana.

“Esta eleição representa a importância que o Brasil exerce para a Região SAM e para a aviação internacional, como membro de uma delegação permanente junto ao Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional, a OACI. Partilhar as melhores práticas da aviação contribui com o desenvolvimento do tráfego aéreo mundial”, ressaltou o Brigadeiro Bertolino.

Com reuniões de trabalho regulares, o Grepecas discute o planejamento da navegação aérea regional e acompanha o status de desempenho na implementação e revisão de programas e projetos nas áreas de Navegação Baseada em Performance (PBN), Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo (ATFM), Automação e Percepção Situacional de Gerenciamento de Tráfego Aéreo (ATM), Telecomunicações e Infraestrutura, Aeródromos, Gestão da Informação Aeronáutica (AIM), Meteorologia Aeronáutica, entre outras.

18ª Reunião

Um dos temas discutidos na reunião foi a necessidade da realização de atividades inter-regionais para concretizar a implantação da navegação baseada em performance, o gerenciamento de fluxo de tráfego aéreo, a redução da separação longitudinal e serviços de comunicação, voz e dados para todos os países da região. Estas áreas serão objeto de atualização de cartas de acordo operacional para os Serviços de Tráfego Aéreo (ATS) e de Comunicações, Navegação e Vigilância (CNS) entre representantes dos estados localizados na região CAR/SAM.

Outra questão considerada prioritária foi a implantação ATFM nos Estados CAR/SAM. Este é um dos segmentos do gerenciamento de tráfego aéreo que tem por objeto assegurar que a capacidade dos órgãos ATC, de controle de tráfego aéreo, – seja plenamente utilizada para garantir um fluxo de tráfego aéreo seguro, rápido e ordenado, garantindo que a capacidade declarada do sistema de controle de tráfego aéreo não seja ultrapassada. O Brasil é um dos pioneiros no tema. A criação do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), unidade militar subordinada ao DECEA, em agosto de 2005, tornou realidade o gerenciamento do fluxo aéreo no espaço aéreo brasileiro.

Escritório Regional

O Grepecas foi criado pelo Conselho da OACI em 1990, por recomendação da Segunda Reunião Regional de Navegação Aérea das Regiões CAR/SAM, e é coordenado pelos escritórios regionais. Localizado em Lima, no Peru, o escritório regional agrega todos os países da América do Sul. A região engloba ainda Panamá e Antártica e partes do Oceano Atlântico e do Pacífico.

O espaço compreende 27 Regiões de Informação de Voo (FIR). O Escritório Regional fomenta a implementação das normas e práticas recomendadas pela OACI, provê assistência aos países e supervisiona atividades para validar a efetiva implementação das normas. Os programas compreendem diferentes áreas da navegação aérea, com base no Plano Global de Navegação Aérea e no Conceito Operacional Global ATM.

(CECOMSAER/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>