ONU reconhece profissionalismo do Brasil em Missões de Paz

Brasília (DF) - A última agenda do ministro da Defesa, Raul Jungmann, em Vancouver (Canadá), na quarta-feira (15), foi uma reunião com o subsecretário-geral das Nações Unidas (ONU) para Operações de Paz, Jean-Pierre Lacroix.

Jungmann explicou ao representante da ONU que a próxima missão de paz das tropas brasileiras deverá ser definida pela Presidência da República e pelo Congresso Nacional.

Lacroix reconheceu o sucesso do Brasil na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) e disse que a organização precisa de países que tenham uma capacidade mais robusta para enfrentar os desafios da manutenção da paz. “Nós acreditamos que o Brasil tem potencial e experiência”, afirmou ele.

O subsecretário também disse que o nível de profissionalismo das tropas brasileiras é muito elevado e espera poder contar com este apoio para as próximas operações, já que para a ONU ficou bem claro que o Brasil fez a diferença nos 13 anos em que passou no Haiti. “Nós temos vários casos, em particular na República Centro Africana, em que precisamos de um grau de efetividade muito alto. Contamos muito com o apoio do Brasil”, conclui Lacroix.

O ministro da Defesa brasileiro participou da Reunião Ministerial de Defesa das Nações Unidas para a Manutenção da Paz, que ocorreu também no dia 15. O encontro reuniu cerca de 80 países, dos quais pelo menos 30 foram representados por ministros da Defesa. Durante o evento, foram discutidas estratégias que tornassem as operações de manutenção da paz mais ágeis, mais eficazes e mais focadas no campo.

(MD ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>