Operação Acolhida: Subcomitê Federal para interiorização de imigrantes reúne-se no Ministério da Defesa

Operação Acolhida: Subcomitê Federal para interiorização de imigrantes reúne-se no Ministério da Defesa

 Em decorrência da crise instalada no Estado de Roraima, causada pela imigração em massa de venezuelanos para o Brasil devido à grave crise humanitária na Venezuela, o Governo Federal adotou várias medidas para mitigar os efeitos do problema. Um dos destaques foi a criação do Comitê Federal de Assistência Emergencial, provendo a sustentação legal para o início da Operação Acolhida.

esta imagem não possui descrição

Dentre as primeiras decisões do Comitê, foram criados quatro Subcomitês, entre eles o de interiorização dos imigrantes, sob a coordenação do Ministério da Cidadania e tendo o Ministério da Defesa (MD) como membro, dentre outros Ministérios.

Assim, em 17 de janeiro de 2020, pela primeira vez desde o início da Operação Acolhida, foi realizada uma reunião do Subcomitê para Interiorização dos imigrantes nas instalações do Ministério da Defesa, ocorrida na Sala do Centro de Coordenação de Logística e Mobilização (CCLM).

esta imagem não possui descrição

Presentes na reunião estavam o General de Divisão Antonio Manoel de BARROS, Coordenador Operacional e Comandante da Força-Tarefa Logística Humanitária da Operação Acolhida, o General de Brigada José Eduardo LEAL de Oliveira, Subchefe de Coordenação de Logística e Mobilização, a Sra. Niusarete Margarida de Lima, Assessora para Assuntos de Migrações da Secretaria Nacional de Assistência Social e Coordenadora do Subcomitê Federal para Interiorização de Imigrantes; além de representantes de outros Ministérios, membros do Subcomitê.

esta imagem não possui descrição

Na reunião, discutiu-se vários assuntos de nível estratégico, para aprimorar o processo de interiorização de venezuelanos, cuja meta estabelecida para o ano de 2020 é de três mil imigrantes por mês, com a pretensão de atingir a marca de 36 mil venezuelanos interiorizados no corrente ano, mitigando os efeitos da crise no Estado de Roraima e na cidade de Manaus.

Assim, mais uma vez, o MD participou de forma ativa em decisões de alto nível, para atenuar efeitos dessa grave crise que assola o Território Nacional, contribuindo, de forma decisiva, para a melhoria das condições da Sociedade Brasileira.

Com informação da Seção de Logística Operacional (SELOP)

Fotos: Keven Cobalchini

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *