Operação Capixaba: população do ES retoma atividades e transporte público opera 100% na Grande Vitória

Operação Capixaba: população do ES retoma atividades e transporte público opera 100% na Grande Vitória

No oitavo dia da Operação Capixaba, o transporte público voltou a operar integralmente. As escolas públicas e privadas retomaram as aulas. Os setores públicos, como hospitais, poder judiciário, comércio funcionam normalmente. O comandante da Força-Tarefa Capixaba, general Adilson Carlos Katibe, disse que houve  tentativa contra um ônibus de uma empresa particular de Vila Velha, mas a situação foi contornada.

“Fizemos reunião com a proprietária da empresa e vamos incluir militares nas rotas, para que os ônibus circulem em segurança”, afirmou o general Katibe.

Na nova fase da Operação as pessoas retornam suas atividades nas ruas
Na nova fase da Operação as pessoas retornam suas atividades nas ruas

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, que esteve em Vitória no sábado (11), avalia que a tendência é a volta à normalidade em todo o estado. “Aos poucos a PM vai retomando suas atividades e a população começa a perceber mais segurança”, afirmou Jungmann.

Capixaba

O comandante da operação explicou que os números de homicídios foram reduzidos de forma significativa, tanto na capital quanto no interior do Espírito Santo. Nesta segunda-feira (13), os militares realizaram uma grande operação de segurança, sendo empregado maior massa de seu efetivo na grande Vitória e em diversas cidades do capixabas.

A operação teve por finalidade marcar a nova fase em que se encontra o Estado, quando as pessoas retornam suas atividades nas ruas. Mais de 95% dos ônibus voltaram a circular, os setores de comércio abriram as suas portas, os bancos abriram as agências, o funcionalismo público federal e estadual retomou suas atividades normais e ainda os serviços básicos como sistemas de saúde e educação retornaram a funcionar.

Capixaba 2

Mais de 200 viaturas, sete blindados e quatro helicópteros estão sendo empregados nesta data, na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Espírito Santo, protegendo a incolumidade das pessoas e do patrimônio da sociedade capixaba.

Na sexta-feira (10), a central 190 recebeu chamado de funcionários do Centro Integrado Operacional de Defesa Social, em Cariacica, que estava sendo atacado por um grupo de 15 pessoas. Segundo relato, o grupo estava com armamentos pesados e tentava libertar internos. A instituição tem 400 jovens infratores.

Uma patrulha se deslocou para o local e os militares foram recebidos a tiros. No tiroteio um dos integrantes do grupo ficou ferido e os militares retornaram para o quartel, já que a missão era impedir que a unidade prisional fosse invadida e os menores libertados.

O general Katibe informou que foi aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) e que dispõe de todo relato com os operadores na central 190, que comprova o ataque da quadrilha.

Foto: Divulgação Operação Capixaba

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *